Contagem de assassinatos do Rambo de Sylvester Stallone é insana

Personagem matou centenas de pessoas ao longo de sua franquia

Publicado em 5/21/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rambo é um dos personagens mais icônicos da carreira de Sylvester Stallone, conhecido por sua força, inteligência estratégica e métodos brutais quanto ao tratamento de seus inimigos. Você já parou para pensar em quantas pessoas esse soldado já matou?

Qualquer fã da franquia sabe que o número é elevado, mas talvez ninguém pudesse imaginar que seria tão insano.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O site Screen Rant decidiu avaliar esse número. A conclusão é chocante, para dizer o mínimo.

Quantas pessoas Rambo matou?

Começando com Rambo – Programado Para Matar, a surpresa maior talvez seja que o personagem de Sylvester Stallone não matou quase ninguém no primeiro longa.

Na verdade, Rambo só é responsável por uma morte em tela no filme original: a de um policial que ele fez cair de um helicóptero da polícia. Ainda assim é questionável, já que Rambo não estava necessariamente tentando causar a morte de alguém quando jogou uma pedra na cabine.

As coisas começaram a mudar em Rambo II: A Missão, quando o personagem de Sylvester Stallone causou um total de 75 mortes.

Rambo III tornou tudo ainda mais exagerado: John Rambo tirou nada menos que 115 vidas na tela. Já no sombrio Rambo IV, ele matou cerca de 254 pessoas, em grande parte graças à explosão de uma poderosa bomba.

O filme mais recente da franquia, Rambo: Até o Fim, fez com que o número de mortes caísse um pouco, com Rambo tirando 46 vidas, o que ainda é uma loucura.

No total, John Rambo matou 491 pessoas ao longo de sua franquia, com o número aumentando para 550 se considerarmos os 59 homens que ele matou na Guerra do Vietnã. É uma contagem de mortes bastante expressiva, que pode amedrontar até um monstro de filme de terror.

Filmes de Rambo, com Sylvester Stallone, estão agora disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio