Cruella: Entenda o fim e a cena pós-créditos no Disney+

Últimos momentos do filme dão origem à trama de 101 Dálmatas

Publicado em 28/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Considerada uma das vilãs mais icônicas do cânone da Disney, Cruella de Vil acaba de ganhar seu primeiro filme solo. Seguindo o exemplo de sucessos como Malévola e Wicked, o longa tem tudo para revelar um aspecto até então desconhecido da estilosa malfeitora.

Em Cruella, a protagonista é interpretada por Emma Stone, que já provou arrasar no sotaque britânico nos trailers e prévias do longa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O filme estreou nos cinemas e no Disney+ em 28 de maio, e garantiu elogios de especialistas por seu tom, ritmo, atuações, trilha sonora e figurino.

O site Digital Spy explicou tudo que você precisa saber sobre o final de Cruella e a cena pós-créditos do longa; confira abaixo!

O desfecho de Cruella

Após passar o filme inteiro tentando se vingar da Baronesa von Hellman – interpretada por Emma Thompson – Estella/Cruella descobre que é a verdadeira filha da vilã, não da humilde Catherine.

Depois de dar à luz ao bebê, a Baronesa ordenou que o mordomo John matasse a criança, para que sua carreira não ficasse longe dos holofotes.

O personagem de Mark Strong não consegue concretizar o terrível ato, e acaba dando o bebê para a lavadeira Catherine, que cria Estella como sua filha.

Estella decide continuar em seu caminho de vingança, destruindo a reputação da Baronesa com uma última mentira: a protagonista falsifica a sua morte e garante que Hellman seria apontada como a responsável.

Depois, a protagonista ressurge como Cruella, assume a herança supostamente deixada pela Baronesa e se muda para o Hellman Hall – tirando o “Man” da placa – junto com Jasper e Horace.

A cena pós-créditos

Cruella possui uma cena pós-créditos! Muitos fãs acreditam que o momento pode ser uma indicação de uma possível adaptação de 101 Dálmatas em formato de live-action.

Vale lembrar que o filme da Disney já foi adaptado com atores reais duas vezes, com Glenn Close no papel de Cruella.

Em toda a trama de Cruella, a protagonista não mata nem mesmo um cachorro.

O filme termina com Roger e Anita recebendo – separadamente – dálmatas de presente da própria Cruella. Roger batiza seu cachorro de Pongo, e Anita dá o nome de Perdita.

Ou seja, foi Cruella quem deu para o casal Roger e Anita os cachorros que, no futuro, seriam os pais dos 101 Dálmatas que a vilã tentaria roubar para a produção de um belíssimo casaco de peles.

Estranho, não é? Até o momento, a Disney não revelou planos para um novo filme de 101 Dálmatas.

Cruella está em cartaz nos cinemas brasileiros e disponível no Disney+.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio