Publicidade

Polêmica

Gal Gadot confirma que foi assediada por diretor de Liga da Justiça

Estrela de Mulher-Maravilha não teve boa experiência com Joss Whedon

Publicado por Victor Carvalho

09/05/2021 10:33

Recentemente, o ator de Liga da Justiça, Ray Fisher, falou sobre sua experiência com o diretor Joss Whedon ao fazer Liga da Justiça de 2017, observando em uma extensa entrevista que Gal Gadot e a diretora de Mulher-Maravilha, Patty Jenkins, também tinham seus próprios problemas com Whedon.

Agora, em uma nova entrevista, Gadot confirma a extensão desses problemas, dizendo ao N12 de Israel que Whedon ameaçou prejudicar sua carreira quando ela pediu para fazer mudanças em sua personagem, observando que ela lidou com o problema imediatamente.

“Ele meio que ameaçou minha carreira e disse que se eu fizesse algo, ele tornaria minha carreira péssima e eu simplesmente cuidei disso”, disse Gadot na entrevista.

Na entrevista anterior de Fisher para o Hollywood Reporter, o ator compartilhou que Gadot e Jenkins tiveram que lutar para que elementos da personalidade da Mulher-Maravilha fossem salvos ou removidos da nova visão de Whedon sobre ela, bem como que Whedon também zombou de como ele as estava tratando nos bastidores.

Os comentários atuais de Gadot ao N12 apoiam as fontes do relatório do Hollywood Reporter de que Whedon ameaçou prejudicar sua carreira, o que é considerado assédio moral em ambiente de trabalho.

A seguir: “Uma fonte bem informada diz que Gadot tinha várias preocupações com a versão revisada do filme, incluindo ‘questões sobre sua personagem ser mais agressiva do que era em Mulher-Maravilha. Ela queria fazer a personagem fluir de um filme para o outro'”, indicou o relatório.

“O maior conflito, dizem as fontes, veio quando Whedon pressionou Gadot a gravar falas de que ela não gostava, ameaçou prejudicar a carreira de Gadot e desacreditou Patty Jenkins, diretora de Mulher-Maravilha.”

Problemas com Joss Whedon nos bastidores

Gal Gadot também compartilhou sentimentos semelhantes sobre como ela lidou com seus problemas com Whedon.

“Estou feliz por Ray sair e falar sua verdade”, disse Gadot ao LA Times meses atrás.

“Eu não estava lá com os caras quando eles filmaram com Joss Whedon – tive minha própria experiência com ele, que não foi a melhor, mas cuidei disso lá e quando aconteceu. Informei aos superiores e eles cuidaram disso. Mas estou feliz por Ray subir e dizer sua verdade.”

Quanto a Gadot e a Mulher-Maravilha, um terceiro filme da Mulher-Maravilha foi anunciado logo após o lançamento de Mulher-Maravilha 1984, com Gadot e Jenkins retornando. Esse filme ainda não tem data de lançamento.

Gal Gadot apareceu recentemente em Liga da Justiça de Zack Snyder. O filme foi lançado no Brasil para compra ou aluguel nas principais plataformas de streaming, mas não se encontra mais disponível. Ele poderá ser assistido novamente na HBO Max, que chegará ao Brasil em junho.

Publicidade