Operação Overlord é baseado em macabro caso real; veja

Filme da Netflix baseou elementos da trama em experimentos nazistas na Segunda Guerra Mundial

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nas últimas semanas, o catálogo brasileiro da Netflix disponibilizou um ótimo filme de zumbis: Operação Overlord. O longa se estabeleceu rapidamente entre no Top 10 da plataforma e conquistou o público nacional.

No longa, protagonizado por Wyatt Russell, o John Walker de Falcão e o Soldado Invernal, os mortos-vivos aterrorizam uma pequena vila dominada por nazistas na época da Segunda Guerra Mundial.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muita gente que assistiu ao filme não percebeu, mas Operação Overlord foi inspirada em um caso macabro da vida real.

Confira abaixo tudo sobre a trama do filme e suas inspirações reais!

A trama de Operação Overlord

Operação Overlord é um filme lançado originalmente em 2018, que misturou ação e terror em um cenário de época. O longa foi dirigido por Julius Avery (Sangue Jovem) e roteirizado por Billy Ray (O Caso Richard Jewell) e Mark L. Smith (Dupla Explosiva), além de contar com JJ Abrams na produção.

O filme foi lançado nos Estados Unidos em novembro de 2018. Com um orçamento de 38 milhões de dólares, o filme faturou apenas 41 milhões na bilheteria, mas foi bem recebido pela crítica especializada, conseguindo 88% de aprovação no Rotten Tomatoes.

A trama de Operação Overlord é ambientada na época da Segunda Guerra Mundial, e traz a descoberta de sinistros experimentos nazistas por soldados americanos.

Na véspera do Dia D, pára-quedistas americanos se infiltram nas linhas inimigas para penetrar as paredes de uma igreja fortificada e destruir uma transmissão de rádio.

Chegando perto do alvo, os soldados rapidamente percebem que alguma coisa muito estranha acontece na vila ocupada por nazistas – muito mais bizarra do que uma simples operação militar.

Ao invadir um laboratório subterrâneo, a equipe de soldados é confrontada por um terrível experimento – que leva a uma batalha extremamente violenta contra um exército de mortos-vivos.

Inspirações da vida real

A história de Operação Overlord é bizarra demais para ser baseada em fatos reais, certo? É claro que zumbis nazistas não existiram na Segunda Guerra, mas certos elementos do filme foram inspirados em acontecimentos verídicos.

Em uma entrevista ao site Yahoo! Entertainment, o astro Wyatt Russell explicou que o nome do longa é uma referência à Operação Overlord, o codinome dado à Batalha de Normandia.

Além disso, os produtores foram influenciados por experimentos reais dos nazistas com prisioneiros de guerra.

“Alguns elementos do filme são reais. Como a cena da cabeça falando”, afirmou o astro.

E as inspirações não vieram apenas dos experimentos nazistas! Russell revelou que a equipe do longa se baseou em uma infame pesquisa soviética – na qual cientistas tentaram reanimar a cabeça de um cachorro morto em 1940 – para criar a cena em que a cabeça cortada de uma mulher aparece falando.

“É algo absolutamente assustador, terrível. Se os nazistas pudessem criar um super-soldado com experimentos em humanos, de maneiras terríveis, desumanizadoras e demoníacas, com certeza o fariam. Então o filme não está muito longe da realidade”, contou o Russell.

Operação Overlord está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio