Veja como Robert Pattinson tenta deixar Crepúsculo mais estranho

Astro era atraído pelos elementos mais bizarros da franquia

Publicadohá pouco tempo
Por Victor
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao longo dos anos, tem havido muito discurso em torno dos filmes de Crepúsculo. Enquanto a maioria dos fãs os vê como uma história de amor romântica, os elementos de fantasia da trama a tornam muito mais do que isso.

A diferença de idade entre Bella e Edward e Jacob tendo um “imprinting” com Renesmee depois de estar apaixonado por sua mãe por anos são apenas dois exemplos de como o enredo estava ficando problemático e obscuro. Curiosamente, Robert Pattinson sempre esteve ciente de quão estranha a Saga Crepúsculo realmente é.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pattinson, é claro, trouxe o sombrio Edward Cullen à vida para os filmes de Crepúsculo com bastante precisão.

Embora o ator de Batman pareça ter gostado da experiência com seus colegas, ele nunca se esquivou de criticar a franquia ou mesmo seu personagem. Ele, como muitos, achava estranho que alguém com bem mais de 100 anos ainda estivesse cursando o ensino médio e que ele se apaixonasse por uma adolescente.

Mas Robert Pattinson não se esquivou dos aspectos mais estranhos dos filmes de Crepúsculo, ao invés disso, ele escolheu abraçá-los. Na verdade, o ator compartilhou que sempre foi atraído por projetos que envolviam elementos estranhos.

Ator queria destacar estranheza da franquia

Em uma entrevista para o Indie Wire, o ator confessou que estava sempre tentando destacar as partes mais bizarras e francamente nojentas dos filmes de Crepúsculo. No entanto, ele finalmente percebeu que os fãs sempre se concentrariam nos elementos mais românticos por causa da forma como os filmes eram comercializados.

“Mesmo antes de Crepúsculo, eu estava fazendo coisas estranhas”, Pattinson revelou.

“E para ser honesto, eu sempre achei Crepúsculo muito estranho. É realmente o tipo de marketing que o tornou popular. Se você olhar para qualquer entrevista que eu fiz, eu destacava qualquer elemento que eu pudesse tornar estranho, tentando deixar ainda mais bizarro.”

“Mas não dá para competir. Era só um cara contra todo o departamento de marketing dizendo: ‘É uma odisseia romântica, é algo lindo.’ Eu ficava tipo: ‘Não, é nojento.’”

No Brasil, os filmes de Crepúsculo, com Robert Pattinson, estão agora disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio