Aclamado filme chega na Netflix e vai conquistar fãs

Conheça o elogiado Selva Trágica, da cineasta mexicana Yulene Olaizola

Publicado em 9/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Buscando se manter na dianteira do concorrido mercado das plataformas de streaming, a Netflix se esforça para lançar conteúdos de qualidade a cada semana, entre filmes, séries, documentários e reality shows.

Após 6 meses de grandes lançamentos em 2021, a plataforma comemora a inclusão de mais um filme aclamado em seu catálogo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O longa mexicano Selva Trágica conquistou críticos internacionais de cinema e tem tudo para se estabelecer como um fenômeno de audiência no Brasil e no exterior.

Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre Selva Trágica: sua trama, elenco e recepção crítica.

A trama e elenco de Selva Trágica

O quinto projeto da diretora mexicana Yulene Olaizola, Selva Trágica, acaba de estrear na Netflix! O filme garantiu dois prêmios na 77ª edição do Festival de Cinema de Veneza.

Selva Trágica se inspira no livro Caribal: El Infierno Verde, escrito pelo diplomata-novelista Rafael Bernal.

O longa é ambientado em 1920, na fronteira entre o México e o Belize. Na trama do filme, um grupo de trabalhadores rurais se depara com uma misteriosa jovem belizenha que parece estar fugindo de uma ameaça desconhecida.

A personagem ganha vida pela interpretação da atriz local Indira Rubie Adrewin, em sua estreia no cinema.

A chegada da jovem, que aparentemente não consegue falar, aumenta as tensões entre o grupo de extrativistas e faz nascer uma onda incontrolável de desejo nos personagens.

O que os seringueiros não sabem é que a misteriosa jovem é na verdade Xtabay, uma entidade da mitologia maia que persegue vítimas insuspeitas nas selvas da América Central.

O filme é uma mistura interessante de fantasia e drama, e conta com visuais impressionantes de florestas e animais nativos.

O elenco de Selva Trágica, assim como o de outros filmes da diretora Yulene Olaizola, é formado principalmente por atores amadores e pessoas que residem nos locais de gravação.

Curiosidades e opinião dos críticos

Em uma entrevista à revista Variety, a Olaizola falou sobre a gravação de Selva Trágica e a função da ambientação do longa na trama do filme.

“A selva é como um ser vivo, ameaçada por aqueles homens que tentam roubar seus tesouros. Mas ela se vinga de diferentes maneiras, com plantas venenosas, enxames de mosquitos, animais ferozes e criaturas encantadoras”, afirmou a cineasta.

Conhecida por seu intrépido estilo de filmagens, a diretora passou quatro meses na fronteira entre o México e Belize, estudando os temas do longa e as lendas da região.

“Filmamos por sete semanas no sul de Quintana Roo, o mais fundo que conseguimos na selva”, comentou a diretora.

Selva Trágica conquistou o coração da crítica internacional, alcançando 83% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Ficou curioso? Selva Trágica já está disponível na Netflix; confira abaixo o trailer!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio