Filme de suspense escondido na Netflix vai deixar fãs morrendo de tensão

Saiba tudo sobre o intrigante longa polonês Interrompemos a Programação

Publicado em 17/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se você gosta de filmes de suspense, a Netflix é a plataforma perfeita para encontrar os melhores longas do gênero! De sucessos aclamados por público e crítica a projetos relativamente desconhecidos, passando por produções independentes e hits internacionais, o serviço de streaming conta com projetos para todos os gostos.

Um dos grandes trunfos da plataforma é o fato da Netflix oferecer em seu catálogo filmes e séries de diversos países, permitindo que os assinantes possam conferir o estilo narrativo das mais diferentes regiões.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atualmente, a plataforma se prepara para o lançamento de um filme de suspense que tem tudo para chocar o público brasileiro.

Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre a estreia de Interrompemos a Programação na Netflix!

Interrompemos a Programação – Trama chocante na Netflix

Interrompemos a Programação é um suspense polonês dirigido por Jakub Piatek e roteirizado por Lukasz Czapski, marcado por uma trama chocante com inspirações na vida real.

O filme contou com uma primeira exibição no Festival de Cinema de Sundance, onde foi relativamente elogiado pela crítica especializada.

A premissa de Interrompemos a Programação é bastante simples: no último dia de 1999, o jovem Sebastian se tranca em um estúdio de TV.

O protagonista chega com uma arma carregada e faz dois apresentadores de reféns. Seu objetivo? Transmitir uma “mensagem extremamente importante” para todo o mundo.

A trama do ataque é a última alternativa de um jovem rebelde e as medidas mais extremas que alguém pode tomar para concretizar seus objetivos.

O longa traz o astro polonês Bartosz Bielenia (Corpus Christi) como o protagonista Sebastian, contando também com Magdalena Popławska, Andrzej Kłak, Małgorzata Hajewska-Krzysztofik, Dobromir Dymecki e Monika Frajczyk em seu elenco.

Embora não seja baseado em uma história real específica, Interrompemos a Programação utiliza como base narrativa algo que já aconteceu (mais de uma vez) na vida real: pessoas armadas invadindo programas ao vivo.

Veja abaixo alguns casos famosos – ambos no Brasil.

As inspirações de Interrompemos a Programação

Em 10 de junho de 2020, um homem armado com uma faca invadiu a sede da TV Globo no Rio de Janeiro. Na época, a notícia deixou muitos brasileiros chocados.

O homem chegou a fazer a repórter Marina Araújo como refém. Sua intenção era “conversar” com a jornalista Renata Vasconcellos, apresentadora do Jornal Nacional, que fazia aniversário no mesmo dia.

Poucos momentos depois, o invasor foi preso pela polícia. O homem sofria com problemas mentais.

Algo parecido também aconteceu no Brasil em outubro de 2004. Durante as gravações do programa da apresentadora Márcia Goldschmidt, na Band, um homem armado invadiu o estúdio e exigiu aparecer ao vivo na emissora.

O vendedor de carros Moacir Camargo Borges invadiu as gravações do extinto programa Jogo da Vida com uma arma na mão direita e um celular na mão esquerda, dizendo que atiraria se o programa fosse cortado.

No início, os participantes do programa acharam que tudo não passava de uma pegadinha, mas Goldschmidt rapidamente percebeu que a situação era séria.

Moacir afirmava ter invadido o programa para “receber ajuda”. De acordo com representantes da Band, o homem já havia enviado uma carta para a emissora em busca de uma reconciliação com a ex-esposa, que não queria nenhum contato com ele.

Enquanto conversava com Márcia Goldschmidt, o invasor foi dominado pelos seguranças da emissora e preso logo depois.

Interrompemos a Programação estreia na Netflix em 30 de junho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio