Trauma: Filme da Marvel quase fez duas atrizes largarem suas carreiras

Jessica Alba e Kate Mara foram maltratadas no set de Quarteto Fantástico

Publicado em 8/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com mais de uma década de exibição de filmes – e mais recentemente séries de TV – a Marvel conseguiu reunir um dos elencos mais impressionantes da história de Hollywood.

Antes do MCU, no entanto, os filmes da Marvel contavam com “resultados variados” em bilheteria, apreço do público e aprovação crítica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A tendência do passado pode ser observada com a diferença enorme na recepção crítica de sucessos como X-Men 2 e Logan e fracassos como as adaptações de O Quarteto Fantástico.

Muitos fãs não sabem, mas duas atrizes pensaram em desistir da carreira após atuarem interpretarem a Mulher Invisível! O site Looper falou tudo sobre essa história; confira abaixo!

O trauma de Jessica Alba na Marvel

Durante uma das cenas mais emocionantes de O Quarteto Fantástico: Surfista Prateado, a Mulher Invisível chora ao morrer nos braços do marido Reed Richards, interpretado por Ioan Gruffudd.

A sequência mostrada na telona é muito diferente da cena gravada originalmente, principalmente em relação à performance de Jessica Alba.

A atriz interpretou as emoções de Sue Storm da maneira que estavam descritas no roteiro de Don Payne e Mark Frost. O diretor Tim Story, no entanto, preferiu que Alba chorasse de uma forma “mais bonita”.

“Lembro até hoje da cena da minha morte em Surfista Prateado. O diretor dizia coisas como ‘parece real demais, parece muito doloroso’ e ‘você pode chorar de uma maneira bonita? Chore bonito, Jessica!’ ‘Não faça isso com seu rosto! Nós podemos colocar lágrimas de CGI depois’”, comentou a atriz.

É difícil imaginar o quão humilhante foi essa experiência para Jessica Alba. Na época, a atriz chegou a questionar seu talento como artista e seu valor como pessoa.

“Passei a pensar: ‘Será que sou boa o suficiente? Meus instintos e emoções são suficientes? As pessoas me odeiam tanto assim?’”, desabafou a atriz em uma entrevista à Elle.

Desde então, Alba passou a encarar a indústria do entretenimento de maneira diferente, quase chegando a deixar para trás sua carreira de atriz.

Felizmente, como Jessica Alba explicou à Elle, após se tornar mãe, a atriz se tornou mais confiante e passou a falar sobre seus problemas.

A experiência de Kate Mara

Outra atriz que não gostou nem um pouco de interpretar Sue Storm em um filme da Marvel foi Kate Mara. A estrela também é conhecida por performances em American Horror Story e House of Cards.

Em uma entrevista à Emmy Magazine, a atriz revelou que sua experiência em O Quarteto Fantástico foi “horrível”.

“Nunca falei sobre isso antes. Me casei com um companheiro de elenco, então definitivamente não me arrependo de atuar nesse filme. Mas se eu desejo ter respondido de maneira diferente a algumas situações? Sim, com certeza”, comentou Mara.

A atriz contou que teve “pelos menos duas experiências péssimas” com diretores em Hollywood.

“Eu já tive experiências ruins com uma diretora mulher? Com certeza. Mas nunca senti que ‘isso está acontecendo comigo porque sou mulher’, como acontece com os diretores homens”, afirmou Mara.

A atriz não chega a mencionar explicitamente o diretor Josh Trank, mas sugeriu que ignorou muitos problemas no set de O Quarteto Fantástico.

“Acho que eu deveria ter seguido meus instintos. Quando algo dentro de mim dizia que eu não deveria ter aceitado essa pessoa falar desse jeito”, comentou a atriz.

Olhando pelo lado bom, Kate Mara caracterizou sua experiência no filme como “uma ótima oportunidade para aprender a manifestar meu descontentamento e não ignorar problemas”.

Kate Mara conheceu o marido Jamie Bell no set de O Quarteto Fantástico. No filme da Marvel, o ator interpretou Ben Grimm, o Coisa.

O casal oficializou a união em 2017 e continua junto até hoje, com uma filha.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio