Veja por que astro da DC deixa papel de Batman

Entenda o que fez Michael Keaton abandonar a franquia do Homem-Morcego nos anos 90

Publicado em 8/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos atores já interpretaram Batman no cinema. Entre o fim dos anos 80 e começo dos anos 90, quem teve o papel na DC foi Michael Keaton.

Considerado uma escolha polêmica na época em que foi escalado, Michael Keaton superou as expectativas e entregou um bom trabalho como Batman, mas só estrelou duas produções como o Homem-Morcego.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir de Batman Eternamente, Val Kilmer assumiu o papel. Em Batman & Robin, veio George Clooney.

Embora essa perspectiva pareça estranha hoje em dia, todos esses filmes foram planejados como parte do mesmo universo, ou seja, aquele que havia sido iniciado com os longas de Tim Burton.

Por que Michael Keaton abandonou o papel de Batman?

Então, por que Michael Keaton deixou o papel de Batman? Caso esteja se perguntando, o ator não foi demitido, e sim decidiu se afastar amigavelmente de seu papel na DC.

Embora Batman: O Retorno tenha sido bem recebido por público e crítica, o longa-metragem decepcionou em termos de arrecadação em comparação ao original, o que levou a Warner Bros. a tentar uma abordagem diferente da de Tim Burton.

Com Burton fora como diretor, o estúdio contratou Joel Schumacher, que queria empregar um ar mais cômico, excêntrico e assumidamente exagerado no Batman. Michael Keaton não gostava nada da direção que Batman Eternamente estava seguindo.

Em uma entrevista dada em 2017 (via CBR), Keaton afirmou que achava o roteiro de Batman Eternamente péssimo, e as ideias que Schumacher tinha não ajudavam.

“O roteiro era uma droga. Eu sabia que estava com problemas quando Schumacher disse: ‘Por que precisa ser tão sombrio?’”

Em outra entrevista, Keaton reafirmou que acredita que sua escolha foi muito acertada e ligou as ideias de Schumacher à tendência de um estilo cinematográfico cada vez mais exagerado ao longo dos anos 90.

“O filme simplesmente não estava bom. Tentei ser paciente, mas depois de um certo ponto, percebi que seria horrível.”

“Havia um gosto realmente horrível nos anos 90, e provavelmente contribuí para isso, infelizmente.”

“Foi uma época dos excessos dos novos ricos. Eu tinha aquele trabalho a longo prazo, mas não queria aquilo.”

“Não estou me gabando, mas eu estava certo. Muitas pessoas faziam coisas que já nem existem mais.”

Curiosamente, Michael Keaton recebeu a chance de retornar como Batman em Flash, com Ezra Miller e Ben Affleck. O ator voltará como uma versão envelhecida do personagem, mas que ainda está em atividade em Gotham.

Flash, com Michael Keaton como Batman, estreia em 4 de novembro de 2022.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio