Brad Pitt recusou cena épica em Era Uma Vez em Hollywood

Cena contra Bruce Lee seria mais longa

Publicado em 5/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das cenas mais polêmicas de Era Uma Vez em Hollywood mostra o personagem de Brad Pitt, Cliff, vencendo Bruce Lee em um combate. A cena originalmente seria mais longa e Pitt recusou trabalhar nela.

Quentin Tarantino escreveu essa cena de luta para ter três rounds, informa o Huffpost. A intenção não era retratar Lee como sendo mais fraco que Cliff e sim para que todos vissem que Cliff queria vencer, não necessariamente jogando limpo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O coordenador de dublês, Robert Alonzo, revelou que Tarantino escreveu uma versão bem mais longa da luta contra Bruce Lee.

“Sei que Brad expressou sua preocupação e todos ficamos preocupados acerca de Bruce perder a luta”, disse Alonzo. “Especialmente para mim, como alguém que enxerga Bruce Lee como um ícone, não apenas no reino das artes marciais, mas na forma como ele abordou a filosofia e a vida, ver seu ídolo ser derrotado é muito desanimador”.

Brad Pitt protestou contra a cena

Alonzo admitiu que teve “dificuldade em coreografar uma luta em que Bruce Lee perde”. O coordenador de dublês disse que até Pitt vocalizou sua objeção à luta prolongada.

“Todos os envolvidos estavam tipo,‘ Como isso vai acabar?’. Brad foi totalmente contra isso”, disse Alonzo. “Ele disse, ‘É o Bruce Lee, cara!’”.

Previamente, Quentin Tarantino disse que em um torneio de artes marciais, Bruce Lee certamente ganharia facilmente de Cliff, mas em uma briga de rua Cliff ganharia, porque ele mataria seu oponente.

Era Uma Vez em Hollywood está disponível no Amazon Prime Video.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio