Crepúsculo desperdiça os melhores vilões da saga

Vilões praticamente fizeram pontas nos filmes

Publicado em 29/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

James e Victoria provaram ser formidáveis vilões em Crepúsculo e Eclipe, mas a saga acaba desperdiçando seus melhores antagonistas: os Volturi.

Essencialmente, eles são uma ameaça em plano de fundo por grande parte da história. Até que, em Amanhecer, com o nascimento de Renesmee acabam configurando-se como os grandes vilões do desfecho da saga.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O problema é que eles não são explorados devidamente. A começar por Jane e Alec. Interpretados por Dakota Fanning e Cameron Bright, os dois são dois vampiros presos na infância, após terem sido transformados quando ainda novos.

Jane tem a habilidade de fazer outros sentirem dor inimaginável, algo que ela sentiu quando foi queimada viva. Isso é mencionado nos filmes brevemente, mas jamais utilizado apropriadamente.

Já Alec pode torturar suas vítimas mentalmente, ao privar as pessoas dos sentidos, algo que também acaba ficando majoritariamente de fora dos filmes.

Mais vilões desperdiçados

Outro desperdiçado pela saga Crepúsculo é Marcus. Podemos ver ele dizendo “finalmente” quando morre em Amanhacer, mas o filme falha em explicar o porquê disso. Nos livros, é revelado que ele perdeu seu amor em uma briga dentre os Volturi séculos antes e passou centenas de anos desolado.

Não apenas ele, muitos outros vampiros do clã Volturi fizeram ações extremamente duvidosas moralmente falando, mas jamais são explorados devidamente, nem mesmo Aro, vivido por Michael Sheen.

A saga Crepúsculo pode ser assistida na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio