Publicidade

Fãs perceberam

Explicado por que primeiro Crepúsculo é o mais diferente entre os filmes

Troca de diretores afetou a estética da franquia, disponível na Netflix

Publicado por Alexandre Guglielmelli

22/07/2021 10:00

Fãs de Crepúsculo sabem que o visual do primeiro filme da franquia é bastante diferente do estilo dos outros capítulos. A estética do longa é marcada principalmente por tons de azul e cores apagadas. Mas afinal de contas, por que isso mudou com o decorrer da franquia? A resposta é bastante simples: devido a uma troca de diretores.

Crepúsculo é o único filme da franquia dirigido por uma mulher: Catherine Hardwicke. A cineasta é conhecida principalmente por comandar longas como Aos Treze, Os Reis de Dogtown e Miss Bala.

Junto com sua direção, Hardwicke trouxe um estilo visual característico, associado até hoje ao tom da franquia Crepúsculo.

O site Looper falou mais sobre a demissão da diretora e seus reflexos no tom e estética de Crepúsculo.

O estilo visual de Crepúsculo

Com o lançamento de Crepúsculo, fãs perceberam rapidamente que todas as cenas do filme contavam com uma espécie de filtro azul, que diminuía a tonalidade das outras cores e criava uma estética bastante específica.

Essa estética fazia sentido em Crepúsculo, já que aumentava a palidez dos vampiros e caracterizava Forks como uma cidade fria e triste.

Considerando que Hardwicke foi forçada a cortar 4 milhões do orçamento do longa alguns dias antes do início das filmagens, a diretora fez o que podia com os recursos que tinha.

O mesmo estilo visual pode ser encontrado no filme Aos Treze, protagonizado por Nikki Reed, que também atua na saga Crepúsculo, como a vampira Rosalie.

Em uma entrevista ao site Daily Beast, 10 anos após o lançamento de Crepúsculo, a diretora discutiu as baixas expectativas de sucesso do longa. Na época da estreia, ninguém acreditava que a franquia faria tanto sucesso.

Assim que a saga de Bella e Edward começou a dar lucro, Hardwicke foi demitida e substituída por homens brancos na cadeira de diretor. Por isso, a cineasta não comandou nenhum dos outros filmes da franquia.

O que ficou óbvio para os fãs de Crepúsculo em Lua Nova foi a mudança extrema do tom e estética da franquia. Muitos sentiram falta do estilo único criado pela cineasta.

No início de 2021, um usuário do Twitter compartilhou uma foto dos bastidores de Crepúsculo, mostrando a icônica cena do baseball sem o famoso filtro azul.

Crepúsculo sem o filtro azul me deixa desconfortável. Vamos todos agradecer Catherine Hardwicke por sua visão”, afirma a legenda da imagem.

A postagem contou com mais de 337 mil curtidas e 46 mil compartilhamentos. Confira abaixo.

Doze anos após o lançamento, fãs de Crepúsculo estão finalmente dando a Hardwicke os créditos que a diretora merece.

O projeto mais recente de Catherine Hardwicke nos cinemas foi o filme Miss Bala, um longa de ação protagonizado por Gina Rodriguez, lançado em 2019.

Os filmes da Saga Crepúsculo estão disponíveis na Netflix.

Publicidade