Explicamos o final de Rua do Medo Parte 3

Franquia de terror termina com desfecho feliz na Netflix

Publicado em 16/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rua do Medo Parte 3: 1666, termina a saga de terror na Netflix com um final relativamente feliz. A maldição de Sarah Fier é finalmente quebrada, e Shadyside pode respirar tranquila pela primeira vez em séculos. Mas de acordo com a cena pós-créditos, o feitiço ainda tem chances de ser revivido.

Na grande reviravolta do filme, Rua do Medo revela que a maldição, na verdade, não foi culpa de Sarah Fier, mas sim de Solomon Goode. O personagem é o ancestral do Xerife Goode, interpretado por Ashley Zukerman.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 1666, na colônia que no futuro se torna Shadyside, Solomon invade a casa da Viúva Mary e rouba seu livro de feitiços. O personagem utiliza o encantamento “Troca Simples” para fazer um pacto com o Diabo em troca de prosperidade.

A única coisa que Solomon precisava fazer era oferecer “uma alma” para o Diabo em intervalos de alguns anos, transformando-as em assassinas e oferecendo-as para o Rei das Trevas.

A primeira vítima do feitiço foi o Pastor Miller, que matou 12 crianças, incluindo a irmã de Sarah. No entanto, devido aos rumores do relacionamento de Sarah e Hannah, as duas acabam acusadas de bruxaria.

O desfecho de Rua do Medo 1666

Solomon utiliza o preconceito da colônia para tirar vantagem, e oferece Sarah e Hannah para os moradores do assentamento.

As duas personagens são condenadas a morrer por enforcamento, mas Sarah confessa falsamente os crimes para salvar Hannah.

No momento de seu enforcamento, Sarah amaldiçoa Solomon, afirmando que vai perseguir o personagem e sua família por séculos no futuro.

Após a morte de Sarah, seus amigos trazem o corpo da falsa feiticeira para a árvore vista em 1978, e escrevem a placa que diz que “a bruxa vive para sempre”.

O filme retorna para 1994, com Deena no túmulo de Sarah. O Xerife Nick Goode chega, e assim começa o clímax da franquia.

Em uma revelação surpreendente, Rua do Medo confirma que Nick continuou mantendo o pacto de Solomon com o Diabo, oferecendo moradores de Shadyside ao demônio e transformando-os em assassinos.

Como resultado, Nick consegue realizar todos os desejos, prosperidade para a família e a manutenção do sucesso de segurança de Sunnyvale.

Ou seja, os assassinos não estavam perseguindo Deena e Sam por causa do sangue, mas na verdade foram enviados pelo próprio Diabo para evitar a revelação do segredo da família Goode.

Com a ajuda de Ziggy e o zelador Martin, Deena cria um plano para atrair os assassinos para o shopping, prendê-los no local e voltá-los contra Nick, jogando o sangue da protagonista no vilão.

A estratégia não dá tão certo como Deena imaginava, e a protagonista acaba perseguindo Nick nos túneis de Shadyside, os mesmos em que Sarah tentou escapar em 1666.

Enquanto Josh, Ziggy e Martin lutam contra os assassinos mortos-vivos no shopping, Nick apunhala Deena (sem saber que ela utilizada uma armadura corporal feita de livros), e a personagem coloca sua mão no monte de órgãos que vimos em 1978, que começaram a crescer no início da maldição.

Nick vê flashes de todas as pessoas mortas em resultado do pacto da família Goode com o Diabo, o que permite Sarah apunhalá-lo no olho e encerrar a maldição de uma vez por todas.

Os assassinos mortos-vivos desaparecem, e Sam é libertada da possessão demoníaca.

Quando Deena e Sam chegam à casa luxuosa de Nick em Sunnyvale (também conectada aos túneis, presenciam um acidente de carro.

Evidências sobre o envolvimento de Nick nas mortes recentes de Shadyside também são trazidas à tona, o que indica que “tudo já não está mais bem em Sunnyvale”.

Ziggy encontra a Sra. Lane e entrega o diário da personagem, roubado em 1978. Josh conhece a garota com quem estava conversando na internet. Deena e Sam criam um memorial para Sarah na floresta, com os dizeres “a primeira Shadysider”.

Ou seja, o filme termina com um final feliz. No entanto, a cena pós-créditos revela que o livro de feitiços continua existindo, o que pode indicar que a maldição ainda tem chances de retornar no futuro.

Os três filmes de Rua do Medo já estão disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio