Publicidade

Contém spoilers

O Último Mercenário: Explicamos o final do filme com Van Damme

Longa de ação da Netflix traz mensagem de embate entre gerações

Publicado por Alexandre Guglielmelli

30/07/2021 18:30

O Último Mercenário, o novo filme de Jean-Claude Van Damme, já conquistou inúmeros fãs na Netflix. O filme mal estreou, e já se estabelece entre os mais assistidos da plataforma. O longa termina com um final relativamente feliz, com o personagem de Van Damme aceitando suas grandes diferenças com o filho Charlie.

O Último Mercenário é um filme de ação e comédia, dirigido por David Charhon a partir de um roteiro de Charhon e Ismael Sy Savane. A produção francesa traz Jean Claude Van Damme obrigado a retornar subitamente à França para salvar o filho de uma situação extremamente perigosa.

O herdeiro do agente se encontra envolvido em uma verdadeira sinuca de bico, com a presença de traficantes de drogas, pirateamento de armas, envolvimento de oficiais do governo e muita violência.

O site ReadySteadyCut revelou tudo que acontece no final de O Último Mercenário e a verdadeira mensagem do longa.

O Último Mercenário – Desfecho explicado

Quando O Último Mercenário chega à conclusão, o filme estabelece que o verdadeiro vilão por trás da trama da “Big Mac” (uma arma que teria o poder de desligar completamente a energia de uma cidade) não é um agente do governo e nem mesmo o mafioso trajado em uma sunga dourada, mas sim Marguerite.

A personagem de Miou-Miou tomou a polêmica atitude pelo dinheiro, mesmo com seu filho colocado perante à máfia francesa.

Marguerite também fica desapontada com a personalidade mimada e dependente do filho, muito diferente de suas próprias motivações.Então, à lá Seinfeld, o time de Richard e os preocupados oficiais do governo salvam o dia, prendendo Marguerite antes que ela possa vender a perigosa arma para o chefe de um sindicato criminal francês.

Na última cena do filme, O Último Mercenário prova que Richard conseguiu encontrar uma família em sua equipe e se reunir com o filho. No entanto, o personagem aperta o botão, as luzes se apagam e o protagonista vai embora, retornando à sua existência solitária.

A mensagem de O Último Mercenário

Segundo o site ReadySteadyCut, é possível interpretar a mensagem de O Último Mercenário como um comentários sobre a lacuna geracional entre os pré e pós-millenials, com a crença de que a geração anterior “sofreu mais”.

Em comparação, a nova geração é vista como fraca, sensível e disposta a não utilizar álcool para lidar com os problemas – como faziam os “machos”.

A geração mais jovem prova também que Richard não precisa deixar de ser forte para se tornar também esperto e criativo, superando assim seus obstáculos.

Ou seja, o personagem termina o filme sabendo que seu filho ficará bem sem ele, mesmo podendo se reunir com o herdeiro a qualquer momento.

O Último Mercenário está disponível na Netflix.

Publicidade