A Lenda de Candyman faz história na bilheteria dos Estados Unidos

Filme de terror consegue marca inédita com diretora Nia DaCosta

Publicado em 30/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Lenda de Candyman conseguiu liderar a bilheteria dos Estados Unidos no final de semana de 27 a 29 de agosto. Com isso, Nia DaCosta se torna a primeira diretora negra a ficar no topo desse ranking por lá.

A marca histórica veio com uma arrecadação de US$ 20,4 milhões. A bilheteria foi maior do que o esperado para o terror e se tornou um destaque, ainda mais por ser uma exibição na pandemia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além de fazer história na bilheteria, Nia DaCosta fica com a segunda melhor estreia entre diretoras negras. O primeiro lugar é de Ava DuVernay, com Uma Dobra no Tempo, de 2018, que fez US$ 33,1 milhões.

Na época, o filme não conseguiu a liderança da bilheteria nos EUA. A concorrência de Uma Dobra no Tempo era Pantera Negra, da Marvel.

A Lenda de Candyman está em cartaz nos cinemas

A trama de A Lenda de Candyman é ambientada na antiga localização de Cabrini Green, um dos bairros mais pobres da cidade de Chicago.

Desde tempos imemoriais, os habitantes das casas populares são aterrorizados pela lenda do fantasma de Daniel Robitaille, mais conhecido como Candyman. O serial killer espectral pode ser invocado facilmente, sempre que uma pessoa repete seu nome 5 vezes na frente de um espelho.

Uma década depois da destruição dos últimos prédios populares de Cabrini, a vizinhança passa por um intenso processo de gentrificação, graças à chegada dos millennials.

Nesse cenário, o artista visual Anthony McCoy e sua namorada Brianna Cartwright, a curadora de uma galeria de arte, se mudam para um novo condomínio de luxo em Cabrini.

Com a carreira de Anthony em completo bloqueio criativo, um encontro com um morador antigo do bairro expõe a verdadeira história macabra por trás da Lenda de Candyman.

Ansioso para manter seu status no mundo da arte de Chicago, Anthony começa a explorar os detalhes macabros da história de Candyman como temas de suas pinturas – e sem saber, acaba abrindo as portas para um complexo e assustador passado.

O protagonista acaba por libertar uma terrível onda de insanidade, que marca o retorno de Candyman e coloca Anthony em rota de colisão com seu próprio destino.

O longa é uma obra da cineasta Nia DaCosta (Little Woods, Top Boy), e conta com roteiro produzido por Jordan Peele (Corra!, Nós), Win Rosenfeld (Além da Imaginação) e pela própria diretora.

Yahya Abdul-Mateen II, mais conhecido por sua performance como o vilão Arraia Negra no filme Aquaman, interpreta o protagonista Anthony McCoy. Teyonah Parris, a Monica Rambeau do MCU, vive Brianna Cartwright, a namorada de Anthony, diretora de uma galeria de arte.

Nathan Stewart-Jarrett (Misfits, Utopia), Colman Domingo (Euphoria, Fear the Walking Dead) e Vanessa Estelle Williams (Soul Food, Melrose Place), que esteve em O Mistério de Candyman, também estão no terror.

O elenco de A Lenda de Candyman conta também com Rebecca Spence, Cassie Kramer, Michael Hargrove, Torrey Hanson e Carl Clemons-Hopkins. Tony Todd, o ícone do terror famoso por interpretar Candyman no filme original, reprisa sua performance na continuação.

A Lenda de Candyman está em cartaz nos cinemas do Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio