Diretor da Marvel recusou filme do Superman

Cortejado pela Warner Bros., James Gunn preferiu fazer O Esquadrão Suicida

Publicado em 2/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Antes de assinar o contrato para dirigir O Esquadrão Suicida, o estúdio Warner Bros. queria que o diretor e roteirista James Gunn, famoso por ter feito os filmes dos Guardiões da Galáxia para a Marvel, comandasse outra franquia, mas ele acabou recusando: Superman.

“Primeiro eles vieram até mim e me ofereceram Superman. Eu disse: ‘Não sei.’ Depois mencionaram Esquadrão Suicida e eu recusei”, disse Gunn à Newsweek sobre seu primeiro contato com os executivos da Warner Bros. e da DC.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Depois eu disse que precisava de um tempo para pensar, porque eu amava o Esquadrão Suicida dos quadrinhos. Refleti sobre o que eu podia manter do filme anterior.”

Preferência pelo Esquadrão Suicida

Ele continuou: “Então eles me disseram que, se eu quisesse, poderia manter tudo ou nada. Só me contaram que adorariam que a Arlequina de Margot Robbie estivesse envolvida, mas não era uma obrigação. Eu podia começar do zero, basicamente.”

No momento, a Warner Bros. trabalha em um reboot do Superman no cinema, que não deve ter o retorno de Henry Cavill ao papel. A situação do ator é incerta no momento, embora não esteja descartado que ele volte em outros projetos.

Ainda não há previsão de lançamento para o reboot de Superman.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio