Mais do que você gosta.

Publicidade

Você sabia?

Justiça em Família: Título esconde comovente significado

Filme da Netflix, no original, é chamado "Sweet Girl"

Publicado por Victor Carvalho

24/08/2021 19:00

Contém spoilers

No original, o título de Justiça em Família é “Sweet Girl”. Esse título esconde um comovente significado (via Comic Book Resources).

A jornada autodestrutiva de Rachel (Isabela Merced) traz o título do filme em contexto, porque “Sweet Girl” (“Doce Menina”, em tradução livre) é o apelido que Ray (Jason Momoa) e sua esposa deram a ela.

Continua depois da publicidade

Isso se origina de eles amarem “Sweet Child O’ Mine” do Guns N’ Roses, cantando para a mãe de Rachel durante sua provação.

Faz todo o sentido, porque o título original se refere a uma adolescente diminuta se transformando em uma vigilante e não a um grande e musculoso astro de ação masculino, adicionando uma pitada de ironia a uma história comovente.

É claro que, no Brasil, com a mudança para “Justiça em Família”, o título acabou perdendo esse significado. Ainda assim, é compreensível porque talvez “Doce Menina” não teria sido um título atraente o bastante.

Mais sobre Justiça em Família

Justiça em Família é um filme de ação e suspense dirigido por Brian Andrew Mendoza em sua estreia na direção e escrito por Philip Eisner e Gregg Hurwitz.

É estrelado por Jason Momoa, Isabela Merced, Manuel Garcia-Rulfo, Raza Jaffrey, Justin Bartha, Lex Scott Davis, Michael Raymond-James e Amy Brenneman.

Confira a sinopse abaixo.

“O devotado homem de família, Ray Cooper, jura fazer justiça contra contra a gananciosa empresa farmacêutica responsável por retirar do mercado um medicamento que poderia ter salvo a vida de sua esposa.”

“Sua busca pela verdade incomoda forças poderosas e coloca Ray e sua filha Rachel em perigo. Logo, sua missão se transforma em uma busca por vingança guiada pelo desejo de proteger a única família que lhe resta.”

Justiça em Família está agora disponível na Netflix.

Publicidade