Raízes Macabras: Filme de terror é inspirado por bruxaria real

Sucesso mexicano adapta elementos dos Brujos de Catemaco na Netflix

Publicado em 27/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Raízes Macabras – lançado com o título original de The Old Ways (Os Costumes Antigos) – tem tudo para se tornar um dos filmes de terror mais populares da Netflix em 2021. A produção mexicana já figura no Top 10 de diversos países. O que os fãs não sabem é que, embora tenha uma trama fictícia, certos aspectos do longa são baseados na vida real.

O longa mistura bruxaria, exorcismo, fantasmas e demônios em uma história impressionante, que tem o potencial para deixar os assinantes brasileiros da Netflix de cabelo em pé. Raízes Macabras acompanha a história de Cristina, uma jornalista de origem mexicana que retorna ao lar ancestral de sua família, na região de Veracruz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A protagonista retorna ao antigo país para investigar uma história envolvendo bruxaria e curas milagrosas. No entanto, ao chegar no local, Cristina acaba sequestrada por um grupo de moradores – que acredita que a jovem é o Diabo encarnado.

A trama de The Old Ways apresenta uma abordagem interessante sobre “os Brujos de Catemaco” – quase tão sinistros quanto as feiticeiras do filme, só que na vida real.

Raízes Macabras na vida real

A cidade de Catemaco é uma pequena comunidade localizada no sul do estado mexicano de Veracruz.

O local onde a trama de Raízes Macabras é ambientada, é famoso na vida real por sua tradição de bruxaria e sortilégio, com raízes no período pré-colonial da região.

Uma das principais diferenças entre a magia pré-espanhola do México e a bruxaria européia, é o fato da antiga arte ser mais praticada por homens, chamados de “brujos”.

Essa tradição é bastante conhecida no México e nos países vizinhos. Com promessas de rituais milagrosos, brujos atraem clientes das mais diversas classes sociais – desde a população de rua até políticos influentes e empresários milionários.

A cidade de Catemaco conta com um festival anual dedicado inteiramente à prática da “brujeria”, que chega a atrair até 5 mil visitantes.

As práticas mágicas dos brujos de Catemaco misturam os ritos católicos – especificamente a invocação de Santos – com crenças pré-hispânicas e rituais milenares.

Embora grande parte dos visitantes encare os brujos de Catemaco simplesmente como uma inusitada atração turística, muita gente leva as práticas a sério.

Os praticantes da brujeria realizam trabalhos de “magia branca” e “magia negra”. No caso, os de magia negra costumam ser bem mais caros.

Esses rituais também representam uma das partes mais importantes da economia de Catemaco. Fidel Herrera Beltrán, o governador do estado de Veracruz, chegou a incentivar a criação de uma “escola nacional de feiticeiros” – sem sucesso.

O Congresso Nacional de Brujos de Catemaco acontece sempre na primeira sexta-feira de Março, e se inicia como uma “Missa Negra” à beira do Lago Catemaco, celebrada pelo “Brujo-mór”.

Embora a prática da brujeria seja vista pela maioria das pessoas como algo inofensivo, e até benéfico para a economia mexicana, ela também cria alguns problemas para as comunidades – como a chegada de trambiqueiros e a realização de golpes em turistas.

Além disso, a região já foi alvo de controvérsia pelos sacrifícios de animais e pela adoração a entidades como a Santa Muerte e o próprio Satanás.

Raízes Macabras é uma ótima maneira de você conhecer (um pouco) sobre as tradições de Catemaco sem precisar gastar dinheiro viajando.

The Old Ways (Raízes Macabras) já está disponível na Netflix,

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio