Intrusion: Diretor revela história real que inspira filme da Netflix

Espectadores se perguntam se suspense é baseado em caso real

Publicado em 28/09/2021 20:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Intrusion é inspirado por uma amiga do diretor Adam Salky. O cineasta fez a história para Netflix depois que uma pessoa próxima a ele descobriu ter câncer de mama.

O cineasta fez a revelação ao site Distractify. Por mais que os personagens do suspense não existam na vida real, a trama de Intrusion tem como objetivo mostrar a forma que um trauma pode afetar uma vida.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Minha melhor amiga foi diagnosticada com câncer de mama quando tinha 35 anos. Eu vi toda vida dela mudar. Para mim, o filme aborda alguém que está passando por uma jornada emocional, mas com muito suspense”, explicou o diretor do filme da Netflix.

Do outro lado, a invasão domiciliar vem do roteirista Chris Sparling. Mesmo assim, o diretor contou que a equipe de Intrusion teve as próprias experiências tensas que serviram de base para o longa da Netflix.

“Eu fui para meu aluguel (na cidade das gravações) e a garagem estava aberta. Fui para porta, girei a maçaneta e a porta estava aberta também. O filme começa comigo entrando na casa com um iPhone e checando se tinha alguém em alguns dos quartos esperando para me derrubar”, contou Salky.

No caso do aluguel dele, a casa sofreu com um curto-circuito. Mas, o cineasta ficou assustado.

Sobre a paranoia vista em Intrusion, o filme da Netflix foi gravado no pico da pandemia do coronavírus (covid-19). Dessa forma, todos estavam assustados e seguindo diversas normas nas filmagens, o que também levava a um clima como é visto no suspense psicológico.

A história de Intrusion na Netflix

Intrusion (Invasão, em tradução literal) é uma produção de Adam Salky, cineasta conhecido por sucessos como Dramas Adolescentes, I Smile Back e Half Nelson. O filme representa sua primeira empreitada no gênero terror e suspense.

Intrusion conta a história de Meera, uma jovem que se muda para uma nova casa junto com o marido Henry, um talentoso arquiteto. Pouco depois da mudança, a casa sofre uma invasão, o que deixa a protagonista traumatizada e com uma paranóia crescente sobre todos que a cercam.

“Ela é uma sobrevivente de câncer de mama. Em remissão, ela e o marido se mudam para uma cidade pequena, com o objetivo de começar um novo capítulo da vida a dois”, comenta o cineasta Adam Salky.

No entanto, ao ter a casa invadida, Meera acaba entrando em uma estado de paranoia extrema, passando a desconfiar de todas as pessoas.

“Ela começa a questionar por que eles se mudaram para essa casa, e quem realmente são as pessoas que as cercam. O principal tema do longa é o fato de você nunca poder conhecer realmente as pessoas, o que é bastante assustador”, afirma Salky.

Um dos aspectos mais interessantes de Intrusion é um design da casa de Meera e o marido Henry, que serve praticamente como um terceiro personagem para a produção. Sobre Henry, o personagem de Logan Marshall-Green, Adam Salky optou por manter o mistério.

“O Henry permaneceu ao lado de Meera durante toda a sua doença. Ele também ficou traumatizado com isso, afinal de contas, ele quase a perdeu”, comenta Salky.

O elenco de Intrusion na Netflix é liderado por Freida Pinto, em um excelente e agoniante performance como a protagonista Meera. Logan Marshall-Green vive Henry, o marido de Meera e co-protagonista do longa.

Intrusion pode ser visto na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio