Publicidade

Crime verdadeiro

Novo thriller da Netflix é baseado em história real

BAC Nord: Sob Pressão acompanha trama de policiais franceses que roubam drogas

Publicado por Alexandre Guglielmelli

17/09/2021 18:00

BAC Nord: Sob Pressão, o mais novo thriller da Netflix, está fazendo o maior sucesso com o público brasileiro. A produção francesa estreou recentemente, e já figura no Top 10 nacional da plataforma. A trama que chamou a atenção dos fãs é baseada em um caso real, que aconteceu na cidade de Marseille em 2012.

Também encontrado com o título de The Stronghold, o filme estreou inicialmente no Festival de Cannes, dividindo a opinião dos críticos. O longa é uma produção do diretor Cédric Jimenez, conhecido por Eden Log e The Connection.

O elenco de BAC Nord: Sob Pressão é formado por Gilles Lellouche (Sink or Swim), François Civil (Call My Agent), Karim Leklou (The World Is Yours) e Adèle Exarchopoulos (Azul é a Cor Mais Quente).

O site TheCinemaHolic explicou tudo sobre a história real que inspira o filme francês; confira abaixo.

A história real de BAC Nord: Sob Pressão

Como a própria abertura de BAC Nord: Sob Pressão indica, o filme é inspirado em uma história real, mas seus personagens e eventos são fictícios. Mesmo assim, o filme segue de perto a trama real ocorrida na França.

No ano de 2012, 18 policiais da BAC (Brigada Anti-Crime, um órgão especial da polícia francesa), foram presos por extorsão e roubo de materiais apreendidos.

Os oficiais afirmaram que as drogas roubadas foram usadas para pagar informantes durante uma operação contra um dos maiores traficantes de Marseille.

O promotor Jacques Dallest alegou que os policiais “pegaram uma parte” do lucro da venda das drogas. Alguns dos detetives admitiram as contravenções, e outros afirmaram que passaram as drogas confiscadas para a população de rua.

BAC Nord: Sob Pressão acompanha a história dos oficiais que justificaram o roubo das drogas com informações sobre um poderoso gângster.

Os protagonistas Greg (Gilles Lellouche) e Antoine (François Civil) são personagens fictícios, mas a jornada da dupla acompanha com bastante fidelidade os eventos reais de 2012.

“Eles sabiam que esse tipo de comportamento não era ideal, mas estavam sobrecarregados pela importância do caso. Também foram muito prejudicados pela atenção da mídia e da política”, comentou o diretor do longa.

Após a estreia em Cannes, o filme dividiu a opinião dos críticos. Alguns especialistas consideraram que o longa foi muito leniente com a caracterização dos policiais, colocando-os como heróis da história, sem discutir suas ações problemáticas.

“Embora eles tenham sido parcialmente inocentados, ainda estão enfrentando um apelo dos promotores”, comentou o crítico Samuel Douhaire.

Para o diretor Cédric Jimenez, o filme não escolhe o lado da polícia – e nem dos criminosos.

“A minha intenção nunca foi julgar, mas conhecer esse caso como eles conheceram, no nível deles e pelo olhar deles”, explicou o cineasta.

BAC Nord: Sob Pressão já está disponível na Netflix. Veja abaixo o trailer.

Publicidade