O que aconteceu com Cristian Cravinhos e como ele está hoje

Irmão de Daniel é interpretado por Allan Souza Lima nos filmes da Amazon Prime Video

Publicado em 28/09/2021 19:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2002, Suzane Von Richthofen e os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos foram condenados a mais de 30 anos de prisão pelo assassinato dos pais da jovem. Quase 20 anos após o crime, o caso que chocou o Brasil ganha dois filmes no Amazon Prime Video e reaviva o interesse do público brasileiro. Quem já maratonou A Menina Que Matou os Pais e O Menino Que Matou Meus Pais quer saber: pode onde anda Cristian Cravinhos?

Cristian Cravinhos de Paula e Silva é irmão mais velho de Daniel, o namorado de Suzane Von Richthofen. Na época do crime, ele tinha 26 anos, e foi o primeiro a confessar os assassinatos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos filmes A Menina Que Matou os Pais e O Menino Que Matou Meus Pais, Cristian é interpretado por Allan Souza Lima, conhecido por performances em novelas da Globo e da Record, como Caminho das Índias, Avenida Brasil, Milagres de Jesus e Órfãos da Terra.

O site G1 explicou por onde anda Cristian Cravinhos atualmente, veja abaixo e confira como está o assassino confesso.

Por onde anda Cristian Cravinhos?

Cristian Cravinhos foi condenado a 38 anos e 6 meses de prisão pelos assassinatos de Manfred e Marisia Von Richthofen. A pena do assassino confesso conta com um ano a menos que a do irmão Daniel e a de Suzane.

No início do cumprimento da sentença, Daniel e Cristian eram inseparáveis, e dividiam a mesma cela. No entanto, após uma mudança da estratégia da defesa de Daniel, os dois se desentenderam e cortaram relações.

Cristian conseguiu uma redução de 149 dias em sua pena total, que após outros crimes cometidos na cadeia, ficou em 41 anos e 10 meses de prisão. A Justiça permitiu a redução após o detento comprovar seu trabalho dentro da penitenciária.

O irmão de Daniel também perdeu o direito ao regime aberto, conseguido em 2017, após se envolver em uma confusão em um bar na cidade de Sorocaba.

Após menos de um ano em regime aberto, Cristian retornou ao regime fechado ao ser preso e denunciado por agredir uma mulher em um bar. No local, o assassino confesso também foi flagrado com munição de uso restrito.

Os PMs que atenderam a ocorrência também afirmaram que Cristian tentou suborná-los para evitar o flagrante e não perder o benefício que havia garantido há poucos meses atrás.

Depois do registro da ocorrência, a Justiça inocentou Cristian do crime de posse ilegal de munição de uso restrito, mas condedou o criminoso pela tentativa de suborno – o que aumentou sua pena em 3 anos.

Atualmente, Cristian Cravinhos cumpre pena em regime fechado na Penitenciária II de Tremembé. O irmão Daniel já cumpre a pena em regime aberto, e chegou a se casar com uma biomédica.

Após a decisão favorável da Justiça pela redução de 149 dias de sua pena, Cristian Cravinhos ainda precisa cumprir mais 22 anos, 10 meses e 15 dias de prisão.

De acordo com informações da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, Cristian só poderá deixar a prisão em 10 de julho de 2044.

A Menina Que Matou os Pais e O Menino Que Matou Meus Pais estão disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio