Publicidade

Revelação

Final alternativo de Capitão América: Guerra Civil mudaria o MCU

Livro da Marvel mostra como universo poderia ser modificado totalmente antes de Vingadores: Guerra Infinita

Publicado por Bruno Tomé

29/10/2021 17:30

Capitão América: Guerra Civil acabaria com os Vingadores unidos e lutando contra o Barão Zemo. Isso mudaria completamente o MCU, universo da Marvel, uma vez que a briga entre Capitão América e Homem de Ferro deixa a defesa da Terra vulnerável.

Como se sabe, com os heróis separados, a invasão de Thanos é facilitada em Vingadores: Guerra Infinita. Apenas depois, em Vingadores: Ultimato, é que Capitão América e Homem de Ferro voltam a lutar juntos.

O livro The Story of Marvel Studios: The Making of the Marvel Cinematic Universe revela que o estúdio queria o final alternativo. A ideia seria que “os Vingadores voltassem a se unir e lutassem contra Barão Zemo e os Super Soldados dele no ato final”.

Ou seja, nessa versão Zemo liberta os Super Soldados que estão escondidos. Com isso, o vilão da Marvel teria o exército particular para enfrentar Capitão América, Homem de Ferro e os outros Vingadores.

Porém, os diretores Joe e Anthony Russo, que depois dirigem Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato, quase se demitiram se o estúdio insistisse nesse fim. Foi assim que o filme da Marvel conseguiu terminar com os heróis brigados.

História da Marvel continua com Eternos no cinema

A decisão fez com que os fãs tivessem a linha que o MCU seguiu. Agora, o universo está perto de introduzir um novo poderoso grupo com Eternos.

Após os eventos de Vingadores: Ultimato, uma tragédia inesperada faz com que os Eternos saiam das sombras e se reúnam novamente contra o inimigo mais antigo da humanidade, os Deviantes.

O elenco incrível inclui Richard Madden, como o poderoso Ikaris, Gemma Chan como a amante da humanidade, Sersi, Kumail Nanjiani como o poderoso ser cósmico Kingo, Lauren Ridloff como a super rápida Makkari, Brian Tyree Henry como o inteligente inventor Phastos, Salma Hayak como a sábia e espiritual líder Ajak, Lia McHugh como a eternamente jovem Spire, Don Lee como o poderoso Gilgamesh, Barry Keoghan como o distante Druig, Angelina Jolie como a brava guerreira Thena, e Kit Harington como Dane Whitman, o Cavaleiro Negro.

A sinopse de Eternos estabelece que o filme vai se passar após Vingadores: Ultimato, mas tudo indica que também teremos vislumbres do passado do MCU.

A direção é de Chloé Zhao, que recentemente fez história ao ganhar o Oscar de Melhor Direção por Nomadland.

Eternos está previsto para estrear em 4 de novembro de 2021 nos cinemas brasileiros.

Clique aqui para assinar o Disney+ e assistir aos filmes e séries da Marvel.

Publicidade