Publicidade

Sincero

Jamie Dornan revela o único problema que teve em 50 Tons de Cinza

Ator de Christian Grey é grato aos filmes e defendeu a franquia em entrevista

Publicado por Bruno Tomé

31/10/2021 12:10

Jamie Dornan ficou conhecido como o Christian Grey de 50 Tons de Cinza. Em entrevista, o ator confessou que o único problema que teve com a franquia foi a recepção de críticos de levarem os longas como uma piada.

Para a GQ, o astro voltou a comentar sobre 50 Tons de Cinza. Jamie Dornan sempre deixou claro que a única preocupação em se envolver com a franquia era o tamanho da fama que teria que lidar.

Novamente, o ator de Christian Grey se mostrou grato ao papel que teve. Para o famoso, 50 Tons de Cinza mudou a vida dele.

“Não feriu minha carreira participar de um papel em uma franquia que fez US$ 1 bilhão. Todos atores podem dizer o mesmo. Me deu – muito. Não há vergonha em dizer que transformou minha vida e a da minha família, também financeiramente. Eu sou muito grato e sempre serei. E os fãs amaram”, começou Jamie Dornan.

O ator, então, contou que o problema foi a forma como os filmes foram recepcionados pela imprensa e por críticos.

“Kevin Maher (crítico) do The Times não amou – que surpresa! Mas, o meu problema foi terem levado o tempo inteiro como se fosse uma piada. Todos envolvidos trabalharam o máximo que puderam quanto em qualquer filme, incluindo eu”, completou Jamie Dornan.

Antes, ator tinha ficado aliviado em quase não conseguir o papel de Christian Grey

Como se sabe, o ator não era a primeira escolha para o papel e revelou que se sentiu aliviado quando descobriu que, inicialmente, tinha perdido o trabalho.

A produção de 50 Tons de Cinza escolheu primeiro Charlie Hunnam, de Sons of Anarchy, para o papel. Até o escolhido desistir do trabalho, Jamie Dornan contou para GQ que estava tranquilo em não ter conseguido o filme.

“Eu fui superado por Charlie Hunnam e eu me senti aliviado quando ele conseguiu, para ser honesto. Eu pensei, ‘Seria divertido, mas seria uma jornada estranha. Melhor não estar nessa jornada'”, contou o agora astro de Christian Grey.

Charlie Hunnam acabou desistindo do papel em 50 Tons de Cinza. A produção, então, voltou a chamar Jamie Dornan, que estrelou os três filmes da franquia.

“Ele desistiu e eu recebi a ligação. Eu consegui. E aqui estamos. Eu tive que confrontar a decisão novamente”, completou o ator.

O primeiro filme de 50 Tons de Cinza pode ser visto na Netflix.

Publicidade