Publicidade

Mudaram muito

Megan Fox e ex-Disney tentam dar volta por cima com As Passageiras

Atrizes superam polêmicas e críticas com novos papéis no filme de vampiros da Netflix

Publicado por Alexandre Guglielmelli

21/10/2021 18:00

Com um elenco repleto de estrelas do cinema e da TV, As Passageiras está fazendo o maior sucesso na Netflix. O filme mistura terror, comédia e romance em uma trama criativa e bastante divertida. Além de conquistar os fãs na plataforma, o longa marca uma nova era na carreira de duas atrizes famosas: Megan Fox e Debby Ryan – uma veterana do Disney Channel.

As Passageiras acompanha a história do estudante universitário Benny, que trabalha como motorista noturno para ganhar uma grana extra. Em uma de suas rondas, Benny recebe a missão de dirigir para duas misteriosas jovens por toda a cidade de Los Angeles, em uma noite de festa e confusão.

Encantado com o charme das clientes, o protagonista descobre rapidamente que as duas garotas têm planos diferentes para ele – e uma sede insaciável por sangue. À medida que a noite se desenvolve, Benny acaba se envolvendo em uma guerra clandestina entre tribos rivais de vampiros e os protetores da humanidade, dispostos a tudo para mandar as criaturas da noite de volta às sombras.

O site Distractify explicou tudo que As Passageiras significa para a carreira de Megan Fox e Debby Ryan; confira abaixo.

Megan Fox e Debby Ryan – Volta por cima na Netflix

Megan Fox e Debby Ryan sabem muito bem o que significa ter a filmografia maculada por projetos questionáveis, papéis problemáticos, fracassos no cinema e produções detonadas.

Por isso, para ambas as atrizes, As Passageiras representa uma oportunidade de voltar por cima e conquistar uma audiência mais moderna e abrangente. Com o lançamento do longa na Netflix, a dupla tem a chance de introduzir uma nova imagem ao público mundial e superar os fracassos anteriores.

Todo mundo sabe que Megan Fox é um ícone de Hollywood, e que seu papel em Garota Infernal é celebrado até hoje como um marco do cinema – embora tenha sido extremamente detonado pela crítica especializada no seu lançamento em 2009.

O filme criado por Diablo Cody foi inovador e moderno demais para a época, só garantindo a aclamação merecida uma década depois de sua estreia.

Infelizmente, o papel que tornou Megan Fox famosa também prejudicou (e muito) sua carreira. Em Transformers, Michael Bay caracterizou a personagem da atriz como um “pedaço de carne”, utilizando apenas a sua beleza e sex appeal para atrair a audiência masculina, principalmente a de adolescentes.

Por causa disso, Megan Fox passou a ser contratada apenas para papéis extremamente estereotipados, interpretando sempre a “garota sexy” em filmes detonados pela crítica.

Debby Ryan, por sua vez, começou sua carreira com papéis no Disney Channel, especificamente em The Suite Life on Deck, Jessie e Radio Rebel, mas acabou envolvendo-se em uma grande polêmica com seu primeiro trabalho na Netflix.

A atriz protagonizou a série Insaciável, que foi alvo de inúmeras críticas por sua trama problemática. A produção acompanha a história de Patty, uma jovem gorda que emagrece após sofrer um acidente e retorna à escola para se vingar dos colegas que cometiam bullying.

Insaciável foi alvo de uma campanha de boicote nas redes sociais, principalmente por sua temática problemática e a maneira como aborda temas como gordura e emagrecimento.

Com As Passageiras, Debby Ryan tem a possibilidade de se livrar do legado do papel criticado e garantir novas oportunidades de trabalho na Netflix.

As Passageiras já está disponível no catálogo da Netflix.

Publicidade