Publicidade

Tragédia

Membro de Rust culpa colegas por morte de Halyna Hutchins

Eletricista acredita que armeiros foram os responsáveis

Publicado por Guilherme Coral

25/10/2021 13:51

O eletricista chefe em Rust criticou a falta de profissionalismo de membros da equipe do filme. Ele acha que certos indivíduos foram responsáveis pela morte de Halyna Hutchins, vítima de um tiro acidental disparado por Alec Baldwin.

Sege Svetnoy não poupou palavras ao compartilhar a opinião dele acerca do que aconteceu no set da série, resultando no falecimento da diretora de fotografia.

“É culpa de negligência e falta de profissionalismo”, disse ele. “A negligência da pessoa que deveria verificar a arma no local não fez isso; da pessoa que teve que anunciar que a arma carregada estava no local não o fez; da pessoa que deveria ter verificado esta arma antes de trazer para o set”.

“E A MORTE DA HUMANA É O RESULTADO! Tenho certeza de que tivemos profissionais em todos os departamentos, menos um – o departamento que era responsável pelas armas”, continuou o eletricista.

Produtora fará investigação interna em Rust

A Rust Movies Production LLC anunciou que vai conduzir uma investigação interna acerca dos problemas de segurança no set de Rust. Durante as gravações, a diretora de fotografia Halyna Hutchins foi baleada acidentalmente por arma empunhada por Alec Baldwin. Ela faleceu em seguida.

Conforme o Deadline, haverá uma investigação interna para saber como essa tragédia aconteceu. O LA Times apontou ainda que operadores de câmera estavam frustrados sobre as condições do set, incluindo reclamações sobre muitas horas de trabalho e baixo salário.

Um membro da equipe, que não foi identificado, alegou que Hutchins estava lutando por condições de trabalho mais seguras para a equipe dela.

Outra fonte também alegou que a arma cenográfica atirou acidentalmente três vezes previamente e que houve uma “séria falta de reuniões de segurança no set”.

Um membro da equipe disse (via Metro) que, na manhã de quinta-feira, a equipe de filmagem começou a arrumar seu equipamento e partir.

Alega-se que, depois que os membros da equipe foram informados de que a produção pagaria por seus quartos de hotel em Santa Fé perto da filmagem. Posteriormente, eles foram informados que teriam que fazer a viagem de 80 quilômetros de Albuquerque todos os dias.

“Estavam cortando gastos – e eles trouxeram pessoas não sindicalizadas para que pudessem continuar gravando”, disse uma fonte.

A Rust Movies Production LLC disse em um comunicado: “A segurança de nosso elenco e equipe é a principal prioridade da Rust Productions e de todos os associados à empresa”.

“Embora não tenhamos sido informados de nenhuma reclamação oficial relativa à segurança de armas ou propulsores no set, estaremos conduzindo uma investigação interna de nossos procedimentos enquanto a produção é encerrada. Continuaremos a cooperar com as autoridades de Santa Fé em sua investigação e a oferecer serviços de saúde mental ao elenco e à equipe durante este período trágico”.

A investigação das autoridades acerca da morte de Halyna Hutchins continuam.

Publicidade