Mais do que você gosta.

Publicidade

Curiosidade

O Culpado: História original é baseada em sequestro real

Filme da Netflix é remake de um título dinamarquês

Publicado por Bruno Tomé

06/10/2021 08:30

O Culpado ganhou uma versão americana na Netflix. Mas, a história original vem da Dinamarca e é inspirada em um sequestro real, em que a vítima ficou conversando com a emergência ao lado do criminoso.

O filme original, de 2018, teve direção de Gustav Möller, que ajudou no roteiro. Na época, o cineasta conversou com a Variety e revelou a inspiração para o filme.

Continua depois da publicidade

A ideia de O Culpado surgiu quando o diretor ouviu uma ligação de 20 minutos entre a vítima de um sequestro e a emergência. A mulher conseguiu falar por códigos com os policiais, o que ajudou na resolução do caso.

Assim como no filme, que depois ganhou a versão no streaming, a conversa da vítima do sequestro se passa dentro de um veículo.

“Eu senti que estava vendo imagens do áudio. Parecia que tinha visto a mulher, e também que consegui imaginar o carro”, contou Möller.

Ao conversar com amigos, o diretor descobriu que cada um tinha uma impressão. Com isso, o cineasta se reuniu com roteiristas para escrever a história de O Culpado, que não usa nenhuma identificação do sequestro real – ou até mesmo bases pessoais.

O crime real, que não foi especificado, também não foi a única inspiração. A versão original do filme da Netflix usou o podcast Serial como outra fonte.

A história de O Culpado na Netflix

O Culpado traz Jake Gyllenhaal como um atendente de emergência que tenta salvar uma mulher em perigo – em um dia repleto de revelações e o retorno de fantasmas do passado.

A trama do longa acompanha a história de Joe Baylor, um operador de 911 (190 para os fãs brasileiros) que faz de tudo para evitar o tédio de seu trabalho.

O filme também revela que, antes de iniciar sua nova carreira, Joe era um policial, e que ele deixou o serviço ativo após um misterioso incidente.

Ansioso para voltar à ativa, Joe passa o dia atendendo chamadas de pessoas drogadas sofrendo ataques de pânico ou de executivos que contratam prostitutas.

No entanto, o trabalho se torna bem mais interessante quando o operador recebe o telefonema de uma mulher que afirma ter sido sequestrada.

Lidando com o anseio por sua antiga rotina, além do incidente que motivou seu rebaixamento ao atendimento telefônico, Joe fica determinado a salvar essa mulher – custe o que custar.

Com Jake Gyllenhaal, O Culpado está disponível na Netflix.

Publicidade