Publicidade

Anúncio

Escolhido pelo Brasil para o Oscar 2022, Deserto Particular ganha estreia

Filme tem direção de Aly Muritiba e chega nos cinemas brasileiros

Publicado por Bruno Tomé

08/11/2021 16:00

Escolhido para representar o Brasil no Oscar 2022, Deserto Particular ganha estreia para 25 de novembro nos cinemas brasileiros. O filme tem direção de Aly Muritiba e antes foi premiado no Festival de Veneza.

O filme venceu o prêmio do público na Mostra Venice Days em 2021. Além disso, estreou na 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Antes da estreia nacional, espectadores paulistas têm uma chance de conferir o longa. Deserto Particular é exibido em 12 de novembro no Festival Mix Brasil, a partir de 20h no Cinesesc.

O roteiro é de Aly Muritiba e Henrique dos Santos. Enquanto isso, Deserto Particular é estrelado por Antonio Saboia, de Bacurau.

Confira abaixo o teaser do filme escolhido para representar o Brasil no Oscar 2022.

Mais sobre Deserto Particular

O longa é protagonizado por Antonio Saboia como Daniel, um policial afastado do trabalho depois de cometer um erro. Ele mora em Curitiba, com um pai doente, de quem cuida com devoção.

Taciturno, Daniel fala pouco, e sorri menos ainda. Seu único motivo de alegria é a misteriosa Sara, uma moça que mora no sertão da Bahia, e com quem se corresponde por aplicativo de celular. O desaparecimento súbito de Sara faz com que Daniel resolva cruzar o país em busca de seu amor.

Deserto Particular é um filme de encontros. Desde 2016, com o golpe que tirou do poder uma presidenta democraticamente eleita, minha geração, formada depois da Ditadura Militar, enfrenta o momento mais dramático de sua existência. O país afundou numa espiral de ódio que culminou com a eleição de um fascista como presidente.

Depois da eleição de Jair Bolsonaro, todas as minorias, mulheres, indígenas, a comunidade LGBTQIA+, negros, entre outros, passaram a ser sistematicamente perseguidas, e o país se dividiu entre o sul conservador e o norte e nordeste progressista. Essa época de ódio me motivou quando decidi sobre o que seria meu próximo filme. Faria uma obra sobre encontros. Nesse momento de ódio, resolvi fazer um filme sobre o amor”, explica o cineasta sobre o filme.

Como se sabe, a disputa de Melhor Filme Internacional começa com fases eliminatórias, das quais Deserto Particular vai participar após ser escolhido como o representante do Brasil.

Deserto Particular chega em 25 de novembro nos cinemas brasileiros.

Publicidade