Mais do que você gosta.

Publicidade

Polêmica

Herdeiros reclamam de Casa Gucci e ameaçam ação contra o filme

Em nota para imprensa, família critica como personagens são construídos em longa de Ridley Scott com Lady Gaga

Publicado por Bruno Tomé

30/11/2021 09:12

Os herdeiros de Aldo Gucci, presidente da marca de luxo entre 1953 e 1986, divulgaram nota na imprensa italiana reclamando do filme Casa Gucci, estrelado por Lady Gaga. A principal foi crítica foi sobre a representação dos personagens, considerada ofensiva.

“Os produtores do filme não consultaram a família antes de descreverem Aldo Gucci e outros membros como criminosos, ignorantes e insensíveis com o mundo ao redor deles”, começa a nota.

Continua depois da publicidade

Os herdeiros consideram que o filme com Lady Gaga é “doloroso” para os herdeiros da Gucci. “Um insulto para o legado que a marca tem hoje”, continua o comunicado.

A reclamação é feita mesmo sem a família ter participação na marca Gucci atualmente. Outra crítica é sobre como Patrizia Reggiani, personagem de Lady Gaga, é retratada. Na vida real, ela foi condenada por encomendar a morte do ex-marido e herdeiro da família, Maurizio.

“É retratada não apenas no filme, mas em depoimentos do elenco, como uma vítima tentando sobreviver à cultura corporativista machista. Não podia ser mais longe da verdade”, destaca a nota dos herdeiros de Aldo Gucci, interpretado por Al Pacino no filme de Ridley Scott.

Família ameaça ação contra Casa Gucci

Sobre a personagem de Lady Gaga, a nota diz ainda que a Gucci sempre foi uma empresa “inclusiva”. De fato, nos anos 1980, em que parte do filme é ambientado, várias mulheres assumiram posições de alto escalão na marca.

Mas, em sua origem, Guccio Gucci, o fundador, tinha estabelecido uma regra de que nenhuma mulher poderia comandar a marca. Inclusive, ele deixou a única filha dele, Grimalda, de fora do controle da empresa de moda, dando outros bens para ela como herança, enquanto apenas os filhos homens ficaram com partes da marca.

“Gucci é uma família que vive honrando o trabalho de seus ancestrais, cuja memória não merece ser perturbada para encenar um filme que não é verdadeiro e que não faz justiça aos seus protagonistas”, segue a nota dos herdeiros.

No fim, os familiares ameaçam uma ação contra o filme Casa Gucci. Porém, até o momento, não há nada nesse sentido registrado na justiça.

“Os membros da família Gucci se reservam todo o direito de proteger o nome, a imagem e a dignidade de seus entes queridos”, finaliza a nota.

O filme é baseado no livro Casa Gucci: Uma História de Glamour, Ganância, Loucura e Morte, de Sara Gay Forden, que descreve a história da família, com diversas testemunhas – incluindo os próprios herdeiros.

O elenco tem ainda Adam Driver, Jeremy Irons e Salma Hayek.

Com Lady Gaga, Casa Gucci está em cartaz nos cinemas.

Publicidade