Publicidade

História chocante

Perturbador filme inspirado em caso real, Em Silêncio está escondido na Netflix

Longa aborda o escândalo sexual que abalou a Coreia do Sul nos anos 2000

Publicado por Alexandre Guglielmelli

11/11/2021 20:00

Se você gosta de filmes dramáticos inspirados em perturbadores crimes da vida real, Em Silêncio é uma ótima opção. O longa sul-coreano é baseado no Caso da Escola de Gwangju Inhwa, na qual estudantes surdos-mudos foram abusados sexualmente por professores e funcionários no início dos anos 2000.

Lançado originalmente em 2011, Em Silêncio se baseia no livro “The Crucible”, escrito por Gong Ji-young sobre os crimes que chocaram a Coreia do Sul. A produção fica por conta de Hwang Dong-hyuk, o criador da série Round 6.

Por abordar um tema extremamente incômodo com responsabilidade e sutileza, o longa foi indicado aos prêmios mais importantes do cinema coreano, e chegou até a provocar mudanças na legislação de crimes sexuais do país.

Veja abaixo tudo que você precisa saber sobre a trama, as consequências reais e o elenco de Em Silêncio.

Em Silêncio na Netflix – Assustadora história real

A trama de Em Silêncio começa com a chegada do protagonista Kang In-ho à Academia Benevolence, uma escola voltada exclusivamente para crianças com deficiências auditivas na cidade fictícia de Mujin.

Para preservar a privacidade das vítimas dos crimes, o filme mudou diversos aspectos da história original, como o nome dos envolvidos, da escola e da cidade onde os abusos aconteceram.

Tentando superar um passado trágico, o professor de arte deseja acima de tudo criar conexões reais com os alunos e ajudá-los a levar uma vida relativamente normal.

No entanto, ele percebe rapidamente que os estudantes são distantes, calados e tristonhos, e que evitam chegar perto dos professores.

Mas Kang In-ho não desiste e continua tentando mostrar para os alunos que realmente se importa com eles.

O protagonista ganha a confiança dos estudantes após uma intensa jornada de sinceridade e atenção, e nesse momento, as crianças revelam a razão do comportamento estranho.

Ih-ho fica chocado ao descobrir a incômoda verdade sobre a escola e seus professores: os alunos vulneráveis são abusados sexualmente e fisicamente pelos funcionários.

Com isso, o protagonista decide lutar pelos direitos das crianças e pela responsabilização dos culpados.

Para isso, ele se junta a uma ativista de direitos humanos e descobre que políticos importantes e forças policiais desejam abafar o caso.

O elenco de Em Silêncio é formado por Gong Yoo (Round 6), Jung Yu-mi, Kim Hyun-soo, Jung In-seo, Baek Seung-hwan e Ki Ji-young.

Como Em Silêncio mostra tanto os crimes quanto às investigações e os julgamentos dos culpados – nos quais os professores saíram praticamente impunes – seu lançamento causou polêmica e protestos na Coreia do Sul.

A pressão do público eventualmente proporcionou a reabertura do caso. Mais de 4 milhões de pessoas assistiram ao filme no país e pediram por mudanças na legislação sul-coreana de crimes sexuais.

Em Silêncio incentivou também a criação de um projeto de lei aprovado na Assembleia Nacional da Coreia do Sul em 2011, que confirma a abolição do estatuto de prescrição para crimes sexuais cometidos contra menores de idade e pessoas com deficiência.

Em Silêncio está disponível na Netflix; confira abaixo o trailer.

Publicidade