Publicidade

Cena cortada

Piratas do Caribe: Origem de Jack Sparrow é revelada

Sequência do terceiro filme, com Johnny Depp, explica muito do personagem

Publicado por Guilherme Coral

17/11/2021 15:41

Piratas do Caribe: No Fim do Mundo, o terceiro da franquia, cortou uma importante cena que mostra a origem de Jack Sparrow e a conexão dele com a Companhia das Índias Orientais e Davy Jones.

A sequência em questão mostra Jack sendo levado para Beckett, que lembra que ele já foi empregado da companhia. Isso acontece anos antes do primeiro filme. Jack era um capitão de um dos navios da corporação.

No entanto, ele pediu demissão quando o empregador dele queria que ele transportasse escravos, provando que Jack Sparrow tinha um coração. O personagem vivido por Johnny Depp libertou 100 pessoas, o que irritou Beckett. Na cena deletada, Sparrow ainda diz: “pessoas não são carga”.

Além disso, a sequência mostra que Jack deve a vida dele a Davy Jones porque Beckett, irritado com o empregado, afundou o navio de Jack. O personagem de Johnny Depp, então, oferece a alma dele a Jones para manter a própria vida.

Não existe Piratas do Caribe sem Johnny Depp, diz ator

Kevin McNally, ator de Piratas do Caribe, voltou a defender Johnny Depp, o Jack Sparrow. Para o artista, não existe mais filmes da franquia sem o astro.

A Disney prepara novos filmes de Piratas do Caribe. Inicialmente, eles não contariam com Jack Sparrow por conta da disputa legal de Johnny Depp e a ex Amber Heard, em que os dois se acusam de violência doméstica.

Para McNally, que já defendeu o astro antes, Johnny Depp tem que voltar ao papel em novos filmes.

“Definitivamente. Eu nunca vi nada sobre algum lado sombrio de Johnny Depp. Eu vi um grande humanitário e um belo ser humano. Eu não vejo nenhum impedimento para ele voltar a ser Jack Sparrow”, destacou o ator ao Express.

McNally afirmou ainda que aceitaria voltar para franquia em papel diferente – ele foi o Gibbs dos filmes de Piratas do Caribe. Mas, acredita que nada será o mesmo sem Johnny Depp.

“Eu acho que há um pensamento geral de que sem Jack não existe Piratas do Caribe. E há muita verdade nisso. Mas, agora há questões sobre ter novos filmes de Piratas do Caribe e por que não ter Jack de volta, ou ele em outro papel”, explicou o ator.

O Gibbs da franquia da Disney acredita que, no mínimo, o nome de Jack Sparrow deve ser mantido vivo. Apenas assim o ator pensa que Piratas do Caribe fará justiça ao seu legado.

Um sexto filme de Piratas do Caribe segue em desenvolvimento. Os outros filmes estão no Disney+.

Clique aqui para assinar o Disney+ e assistir Piratas do Caribe.

Publicidade