Publicidade

Angustiante

Rodrigo Santoro teve experiência dolorosa em 7 Prisioneiros

Ator vive traficante de pessoas em filme da Netflix

Publicado por Guilherme Coral

13/11/2021 17:53

Rodrigo Santoro interpreta Luca no filme 7 Prisioneiros, da Netflix. O personagem é um senhor de escravos da atualidade e, naturalmente, o ator sentiu asco dele, tendo sido uma tarefa difícil viver tal pessoa.

Santoro falou sobre o processo de preparação para o papel, revelando ter de pensar como alguém assim, sem falar no choque de realidade ao retornar à casa dele.

“Eu lia o roteiro e sentia desgosto ao pensar que tinha que me emprestar para fazer um personagem como esse, foi dolorido”, revelou o ator à Veja. “A primeira barreira que eu tive de vencer era de me aproximar da realidade do personagem sem julgar”.

“Na época da gravação, pouco antes da pandemia, minha filha tinha 2 anos. Eu chegava em casa e ela abria a porta para me receber com um sorriso no rosto, era a própria encarnação do amor e da pureza. Eu vinha carregado, me sentia tão sujo ao abraçar ela que precisava tomar um banho antes”, acrescentou o astro de 7 Prisioneiros.

Mais sobre 7 Prisioneiros na Netflix

“No longa, o jovem Mateus (Malheiros) sai do interior em busca de uma oportunidade de trabalho em um ferro velho de São Paulo comandado por Luca (Santoro). Chegando lá, acaba se tornando vítima de um sistema de trabalho análogo à escravidão.

7 Prisioneiros é um filme inquietante, atual e necessário que apresenta a dura realidade das relações trabalhistas análogas à escravidão sob uma ótica de poder, solidariedade e traição”, afirma a descrição da Netflix.

Ramin Bahrani (diretor indicado ao Oscar com O Tigre Branco, também da Netflix) e Fernando Meirelles (indicado ao Oscar com Cidade de Deus), com a O2 Filmes, ficam com a produção. O roteiro é assinado por Thayná Mantesso e pelo diretor Alexandre Moratto.

O filme nacional já é aclamado pela crítica, conquistando dois prêmios no Festival de Veneza.

7 Prisioneiros, com Rodrigo Santoro, está disponível na Netflix.

Publicidade