Publicidade

Controvérsia

Vingança e Castigo traz de volta polêmica de Django Livre

Filmes apresentam abordagens totalmente diferentes sobre um ponto muito delicado

Publicado por Victor Carvalho

10/11/2021 10:30

A representação de Vingança e Castigo de cowboys negros no Velho Oeste trouxe de volta uma grande polêmica sobre Django Livre, segundo um artigo do Screen Rant.

Após o lançamento de Django Livre em 2012, Quentin Tarantino foi fortemente criticado pelo uso desnecessário e frequente da polêmica “N-word” (“palavra com N”, em tradução livre) por personagens brancos.

O diretor e roteirista apoiou seu uso da injúria racial alegando que representava a exatidão histórica da época, mas muitos opinaram que Django Livre era Tarantino explorando o trauma racial e usando a palavra apenas por usar.

Na visão de parte do público, Vingança e Castigo provou que um faroeste ambientado no século 19 com foco em cowboys negros não precisa usar a “palavra com N” para ser historicamente preciso.

O filme é baseado em histórias verdadeiras e pessoas reais, provando que os personagens negros não precisam ser definidos pelas partes mais terríveis de sua experiência.

Vingança e Castigo também menciona escravidão e racismo algumas vezes, mas este não é o foco da história.

Diferente de Django Livre, Vingança e Castigo não apresenta personagens brancos gritando cruelmente a “palavra com N” o tempo todo.

O diretor de Vingança e Castigo, Jeymes Samuel, foi inflexível sobre não usar a “palavra com N”, explicando que uma produção de época não é uma licença para os brancos usarem a injúria racial, nem significa que as mulheres devem ser retratadas como subservientes (via Essence).

Mais sobre Vingança e Castigo

Em Vingança e Castigo, Rufus Buck começa a história fugindo da prisão. A fuga é armada pelo velho bando do fora da lei.

Quando Nat Love descobre isso, ele reúne o próprio grupo para encontrar o rival. Os dois criminosos começam uma emocionante e perigosa batalha no Velho Oeste.

Essa rivalidade se origina no passado dos dois criminosos. O filme da Netflix mostra o que aconteceu para Nat Love odiar tanto Rufus Buck.

Nat Love vai caçar Rufus com Mary, Bill Pickett e Jim Beckwourth, enquanto o rival junta a antiga gangue com Trudy Smith e Cherokee Bill.

Vingança e Castigo conta com um grande elenco, sendo estrelado por Jonathan Majors, Idris Elba, Regina King e Lakeith Stanfield, entre outros. Delroy Lindo também participa do faroeste.

Vingança e Castigo está disponível pela Netflix.

Publicidade