Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém spoilers

A Mão de Deus: O que o final do filme da Netflix realmente significa

Desfecho do longa de Paolo Sorrentino é carregado de simbolismo

Publicado por Alexandre Guglielmelli

17/12/2021 18:15

Dirigido por Paolo Sorrentino e inspirado pelas experiências do cineasta na adolescência, A Mão de Deus é uma ótima aposta da Netflix para o Oscar de 2022. O longa tem tudo para figurar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, já que é uma produção italiana. Se você ficou confuso com o final, o site Looper explica tudo que aconteceu; confira abaixo.

“Na Nápoles dos anos 80, um jovem louco por futebol se vê diante de uma tragédia familiar que define seu futuro incerto, porém promissor, como cineasta”, afirma a sinopse oficial do longa.

Continua depois da publicidade

O filme italiano conquistou imediatamente a crítica especializada e acumulou elogios pela abordagem de sua temática e por sua narrativa sensível – além de uma indicação ao Globo de Ouro.

O elenco de The Hand of God – A Mão de Deus é formado por Filippo Scotti, Toni Servillo, Teresa Saponangelo, Marlon Joubert, Luisa Ranieri, Renato Carpentieri e outros astros da Itália.

O final explicado de A Mão de Deus

Dado o nome do filme e as inúmeras referências ao atleta, Diego Maradona é a única constante em A Mão de Deus. Na verdade, de diversas formas, o enredo do longa se entrelaça com a carreira do jogador entre o início e o final dos anos 80.

O início do filme – estágio da inocência – acontece quando a chegada de Maradona em Nápoles é apenas um rumor, e o anúncio de sua contratação oficial acaba desarmando uma situação potencialmente desastrosa na casa da família Schisa.

É a paixão do protagonista Fabietto por Maradona que impede a morte do personagem, já que ele também seria envenenado pelo monóxido de carbono se tivesse decidido ficar em casa com os pais, ao invés de ir ao estádio.

No final do filme – no qual Fabietto se despede silenciosamente de seus entes queridos e embarca em direção à vida adulta – coincide com a vitória do time de Maradona no campeonato.

O fato do personagem aparecer com uma camisa listrada parecida com o uniforme de Maradona na seleção argentina, provavelmente, não é uma coincidência.

O simbolismo de The Hand of God na Netflix

A Mão de Deus não tem medo de apostar pesado no simbolismo, e o desfecho do longa revisita quase todos os temas anteriores do longa.

O filme começa quando Patrizia visita o misterioso Pequeno Monge, e termina quando a própria Patrizia parece desaparecer da sacada do hospital.

Enquanto isso, o Pequeno Monge reaparece para cumprimentar Fabietto em sua despedida. Nesse momento, seu mistério é completamente subvertido, e o religioso levanta o capuz e mostra um rosto normal e sorridente.

As lágrimas que Fabietto não consegue chorar aparecem quando o protagonista menos espera. O personagem encontra um amigo inesperado em um dos contrabandistas que a família Schisa vê no início do filme.

O famoso diretor de cinema que é visto rapidamente no início do filme também se torna uma figura importante no desfecho da produção.

A retomada mais importante de temas acontece em uma das últimas cenas do filme, quando Fabietto encontra por acaso Capuano, o cineasta visto anteriormente no longa.

Em uma discussão acalorada com o maestro, A Mão de Deus revela o alcance da paixão de Fabietto pelo cinema, e ajuda o protagonista a encontrar seu destino – embora não seja exatamente o recomendado por Capuano.

No final das contas, A Mão de Deus deixa claro que Fabietto é capaz de tomar suas próprias decisões, mesmo sendo influenciado por todos os eventos prévios de sua vida.

A Mão de Deus está disponível no catálogo brasileiro da Netflix.

Publicidade