Mais do que você gosta.

Publicidade

Épico

Como Avatar pode tentar superar Vingadores: Ultimato

James Cameron pode trazer grande guerra nas continuações

Publicado por Guilherme Coral

26/12/2021 08:00

Avatar 2 estreia em 2022, depois de anos de adiamento, e o longa-metragem pode estar preparando um conflito ainda maior do que o visto em Vingadores: Ultimato.

Conforme é revelado no primeiro filme, os recursos da Terra foram esgotados pelos humanos, o que leva a companhia RDA até Pandora, para extrair os recursos do planeta.

Continua depois da publicidade

No entanto, eles são expulsos do planeta. Em Avatar 2 é bem provável que eles retornem e ainda mais determinados em tomarem controle de Pandora.

Eventualmente devemos ver a Terra, que deve estar em um estado deplorável e com cada vez menos recursos disponíveis, podemos ver um grande conflito interplanetário, seja no segundo filme ou nas continuações posteriores.

Assim sendo, é possível que os filmes de James Cameron tragam conflitos maiores que Vingadores: Ultimato e outros blockbusters.

Mais sobre Avatar 2

Ao todo passaram-se 12 anos desde a estreia do primeiro filme e o produtor Jon Landau disse que esse mesmo tempo se passou em Pandora. Com isso, essa sequência estrelada por Sam Worthington e Zoe Saldana começará pouco mais de uma década após os eventos do primeiro.

Na trama, Jake Sully, Neytiri e os filhos deles estão em risco conforme a operação mineradora da RDA retorna a Pandora.

Quando a companhia chega, Jake leva a família para o que parece ser um local seguro, próximo ao recife de coral, conforme revelou o produtor à Total Film.

“Quando eles chegam no recife, há um clã que chamamos de Metkayina. Os Sully não estão mais no ambiente que conhecem, a floresta tropical. Eles se tornam peixes fora d’água. Eles se tornam peixes fora d’água tanto culturalmente, quanto em relação ao meio ambiente”.

Avatar 2 tem estreia prevista para 16 de dezembro de 2022. Já o primeiro filme está disponível no Disney+. Clique aqui para assinar a plataforma de streaming.

Publicidade