Publicidade

Contém spoilers

Encanto: As coisas que só adultos notam no filme da Disney

Longa tem influências latino-americanas e referências que passam despercebidas pelas crianças

Publicado por Alexandre Guglielmelli

03/12/2021 17:00

Já em cartaz nos cinemas brasileiros, Encanto traz uma original história latino-americana, com o potencial para agradar toda a família. Embora o filme da Disney seja voltado para audiências de todas as idades, certos aspectos do longa só são notados por adultos – de referências modernas a sensíveis decisões narrativas. O site Looper listou 7 exemplos; veja abaixo.

O filme acompanha a história da Família Madrigal, um clã extraordinário que vive escondido nas montanhas da Colômbia, em um lugar mágico que compartilha o título do longa: Encanto.

A magia do Encanto agracia cada integrante da família com um poder especial, desde o dom da cura até a super força – exceto a jovem Mirabel.

No entanto, Mirabel descobre que a magia que protege Encanto está correndo grande perigo, e decide se tornar a última esperança de sua poderosa família.

Mais uma família real na Disney

Normalmente, quando pensamos em filmes animados da Disney, nossa mente vai direto para os filmes das Princesas. Mas diferente de Raya e o Último Dragão, Moana e Frozen, Encanto não tem um protagonista da realeza. Na verdade, a família Madrigal, embora poderosa, não faz parte da nobreza. É a magia da família que oferece aos membros um status privilegiado na comunidade, algo que pode passar despercebido pelos espectadores mais jovens.

Um filme sem vilão?

Desde Branca de Neve até Frozen, quase todos os filmes animados da Disney contam com vilões e antagonistas. Muitos desses vilões acabam ficando tão populares quanto os heróis, mas em Encanto, essas figuras não existem. Nenhum personagem de Encanto pode ser considerado um vilão. As irmãs Mirabel e Isabela, por exemplo, costumam brigar, mas nenhuma delas é a antagonista do filme. O verdadeiro “vilão” de Encanto é bem menos óbvio: o medo que impede os Madrigals de serem honestos uns com os outros e a pressão para cumprir as obrigações familiares e proteger a magia da Casita.

A caracterização de Luisa

Na trama de Encanto, Luisa, a irmã do meio de Mirabel, ganha o poder da super-força, e utiliza os músculos impressionantes para ajudar a comunidade no trabalho pesado. Para as crianças atuais, o fato de uma mulher ser caracterizada como a personagem mais forte de um filme não é exatamente uma novidade – graças a filmes como Mulher-Maravilha e Capitã Marvel. Mas adultos devem reconhecer que, se Encanto tivesse sido produzido há décadas atrás, Luisa seria um homem. A ideia de uma mulher ser a pessoa mais forte de uma comunidade nem passaria pela cabeça dos cineastas – e caso passasse, Luisa seria ridicularizada por sua força.

Os óculos de Mirabel

Você percebeu que Mirabel é uma das poucas protagonistas da Disney a usar óculos? Crianças com problemas de visão, com certeza, se identificam rapidamente com a personagem, e adultos podem perceber o quão raro é ver alguém de óculos nos filmes da companhia, principalmente em um papel tão importante. Entre os outros personagens da Disney que usam óculos, destacam-se o anão Mestre em Branca de Neve, Gepetto em Pinóquio, Milo Thatch em Atlantis, Carl em Up: Altas Aventuras e Tristeza em Divertidamente. Caso Mirabel seja incluída entre as Princesas da Disney, ela será a primeira a usar óculos.

Semelhanças com Frozen

Muitos espectadores perceberam semelhanças entre Encanto e Frozen. Em um dos momentos mais surpreendentes do filme, Isabela usa seus poderes mágicos para criar um cactus, após brigar mais uma vez com Mirabel. A personagem fica tão animada em perceber que pode usar suas habilidades para criar coisas “não tão perfeitas”, que começa a cantar “What Else Can I Do?”, basicamente a “Let It Go” de Encanto. Além disso, a conversa entre Abuela e Mirabel, após o colapso da Casita, lembra muito a cena de Frozen em que Elsa percebe que o amor é a resposta para todos os problemas.

Animais latino-americanos

Fãs brasileiros devem ter reconhecido esse aspecto rapidamente, mas para a audiência internacional, o fato de grande parte dos animais de Encanto serem característicos da América Latina é uma interessante novidade. Além do Tucano que fica amigo de Antonio, o filme conta com bichos bastante conhecidos pelo público brasileiro – como quatis, capivaras, araras, antas e até mesmo uma onça pintada.

Cultura colombiana

Embora a história de Encanto tenha apelo universal, os produtores do longa fizeram um ótimo trabalho ao incluir diversos elementos específicos da cultura colombiana. Uma das escolhas estéticas mais interessantes envolve a utilização de borboletas amarelas, uma referência à obra 100 Anos de Solidão, do aclamado escritor colombiano Gabriel García Márquez. No livro, essas borboletas simbolizam amor e conflito, dois importantes temas de Encanto. Além disso, o visual do longa é repleto de referências à arquitetura, roupas típicas, danças e canções da Colômbia.

Encanto continua em cartaz nos cinemas brasileiros. Clique aqui para assinar o Disney+ e conferir os outros filmes animados da plataforma.

Publicidade