Publicidade

Sincero

Membro do Queen acha que ator sósia seria uma “m*rda” como Freddie Mercury

Roger Taylor acredita que Sacha Baron Cohen não teria realizado um bom trabalho

Publicado por Victor Carvalho

08/12/2021 21:33

O membro do Queen, Roger Taylor, acredita que Sacha Baron Cohen não teria realizado um bom trabalho como Freddie Mercury no cinema. Na verdade, ele acha que teria sido “uma m*rda”.

Antes de Rami Malek ser escalado para Bohemian Rhapsody, Sacha Baron Cohen havia sido escolhido como Freddie Mercury em um projeto semelhante, que teria um tom mais “sombrio”.

O ator e comediante é bastante parecido com o cantor, mas preso em um longo desenvolvimento e com problemas nos bastidores, o projeto acabou nunca acontecendo.

Em declarações à revista Classic Rock, Roger Taylor disse: “Acho que teria sido uma m*rda. Sacha é agressivo.”

“Ele também é uns quinze centímetros mais alto. Eu assisti seus últimos filmes e cheguei à conclusão de que ele não é um ator muito bom.”

“Posso estar errado nisso! Acho que ele é um comediante subversivo totalmente brilhante, é nisso que ele é ótimo. De qualquer forma, acho que Rami fez um trabalho brilhante em um papel quase impossível.”

Bohemian Rhapsody pode ser visto no Acesso Livre do Star+

Entre 10 e 12 de dezembro, o Star+ realiza a ação do Acesso Livre, em que os fãs podem conhecer a plataforma da Disney de maneira gratuita. Uma das opções para aproveitar o período é o filme Bohemian Rhapsody, sobre Freddie Mercury.

Lançado em 2018, Bohemian Rhapsody se tornou um grande sucesso de público e crítica. Mesmo sem seguir fielmente a linha do tempo de Freddie Mercury e do Queen, o longa apresenta a história do músico e da banda.

Bohemian Rhapsody começa na formação da banda, em 1970, e segue os eventos até a morte de Freddie Mercury, em 1991. O papel do cantor ficou com Rami Malek, que venceu o Oscar pela interpretação.

Além da trajetória profissional, o filme também toca no lado pessoal de Freddie Mercury. Um dos destaques é a relação com a melhor amiga dele, Mary Austin.

A crítica especializada, como mostra o Rotten Tomatoes, deu 60% de aprovação para a cinebiografia. Enquanto isso, o público dá nota de 85%, com mais de 10 mil avaliações.

A classificação mostra como os fãs amaram Bohemian Rhapsody, que ainda relembra músicas marcantes do Queen com a história.

O título, como citado, está no Star+ e pode ser um dos filmes curtidos pelos espectadores no final de semana de Acesso Livre. Clique aqui para assinar o Star+.

Publicidade