Mais do que você gosta.

Publicidade

Lendário

Piratas do Caribe: Conheça o Jack Sparrow que existiu na vida real

Johnny Depp interpretou o personagem no cinema

Publicado por Victor Carvalho

19/12/2021 11:21

Jack Sparrow, de Piratas do Caribe, é baseado em John Ward, um pirata que existiu na vida real, de acordo com o Screen Rant.

John Ward, também conhecido como Jack, tinha o apelido de Sparrow, e seus modos excêntricos e história sinuosa costumam ser paralelos à sua contraparte fictícia.

Continua depois da publicidade

John Ward começou sua carreira no século 16 como corsário, um pirata sancionado pelo governo para atacar navios inimigos, mas quando um novo rei assumiu o trono inglês, ele ficou desempregado. Como muitos corsários desempregados, Ward se voltou para a pirataria.

Ele ouviu rumores sobre um comerciante católico prestes a embarcar seus objetos de valor para a França e convenceu 30 homens a se juntarem a ele para embarcar no navio.

Os objetos de valor foram retirados do navio antes de chegarem, mas Ward levou o navio mesmo assim, e ele e sua tripulação começaram a procurar saque no mar. Sua carreira começou antes da Época Dourada da Pirataria, mas ele se tornou um dos piratas mais lendários de seu tempo.

O lendário e excêntrico John Ward

John Ward seguiu para o Mediterrâneo. Ele estabeleceu sua base na Tunísia, onde um oficial do Império Otomano o recebeu em troca de uma parte de seu saque.

Ward capturou vários navios que navegavam no Mediterrâneo carregados de mercadorias comerciais, incluindo um grande navio veneziano que se tornou seu maior sucesso.

Enquanto isso, ele começou a construir uma mansão digna de um príncipe e passou a usar trajes “curiosos e caros”. Um pirata rico e respeitado, mas também extremamente excêntrico, Ward era a imagem de Jack Sparrow em seu auge como capitão do Pérola Negra.

Seu sucesso não durou para sempre. Como nas verdadeiras histórias de muitos piratas, ele logo conheceu sua queda. Ele remontou o navio veneziano, mas ele se partiu em uma tempestade e enviou 350 homens para a morte no mar.

A reputação de Ward nunca se recuperou do desastre quando ele voltou para a Tunísia. Ele era considerado azarado e costumava ficar bêbado durante a aposentadoria. Ele era descrito como “um tolo e um idiota”. Em seus últimos anos, Ward se tornou ainda mais próximo da imagem que Jack Sparrow tinha na franquia Piratas do Caribe.

Filmes de Piratas do Caribe podem ser assistidos pelo Disney+. Clique aqui para assinar o serviço de streaming.

Publicidade