Mais do que você gosta.

Publicidade

Sem spoilers

Baseado em fatos reais? Veja a inspiração de O Páramo

Revelado se o longa espanhol é baseado em uma história real

Publicado por Alexandre Guglielmelli

08/01/2022 21:00

Ambientado no século 19, O Páramo tem deixado os assinantes da Netflix de cabelo em pé. Tenso e marcado por muitas reviravoltas, o filme acompanha uma aventura sobrenatural protagonizada por mãe e filho. Quem já conferiu o longa na plataforma quer saber: O Páramo é baseado em uma história real? Como surgiu o assustador filme?

“No século 19, uma família isolada do mundo recebe a visita de um ser maligno que se nutre de medo. Será que o pequeno Diego pode salvar sua mãe dessa nova ameaça?”, afirma a sinopse oficial de O Páramo na Netflix.

Continua depois da publicidade

A história é ancorada por performances surpreendentes de Inma Cuesta e Asier Flores, e conta também com Roberto Álamo no elenco.

O site The CinemaHolic revelou tudo que os fãs de O Páramo precisam saber sobre a origem do longa e suas inspirações reais; confira abaixo.

O Páramo é inspirado por história real na Netflix?

Dada sua temática sobrenatural, o fato de O Páramo não ser baseado em uma história real não é exatamente uma surpresa.

A história de Diego e o Monstro é inteiramente fictícia, criada pelo diretor e roteirista David Casademunt.

O Páramo é um filme sobre nossos demônios interiores, e como eles nos transformam em adultos defeituosos”, afirmou o diretor em uma entrevista recente.

A principal inspiração do filme veio da própria infância de Casademunt, especificamente o período após a morte de seu pai.

“Em O Páramo, a minha principal intenção era abordar a perda de Diego e os medos de infância”, explicou o cineasta.

O diretor identifica Diego como seu próprio alter ego, já que o garoto é obrigado a assumir responsabilidades adultas e proteger a mãe.

A perda da inocência, que acontece gradualmente na trama de O Páramo, ressona pessoalmente com o diretor. Essa dimensão psicológica – relacionada à degradação da infância – se mistura com os elementos sobrenaturais do longa.

O Monstro que aterroriza Diego e sua mãe Lúcia também pode ser identificado como uma figura alegórica, que simboliza as tensões psicológicas, os medos e a solidão que Diego experimenta na isolada fazenda da família.

A ambientação histórica do filme, que se passa no século 19, foi escolhida por Casademunt para homenagear Coração Valente, um dos longas favoritos do diretor.

“Mas a relevância do cenário não termina por aí. Os eventos do filme acontecem em uma das eras mais turbulentas da história espanhola, com o domínio do monarca Ferdinando VII e as numerosas guerras que aconteciam na Europa”, afirma a análise do Cinema Holic.

Em O Páramo, o diretor faz um ótimo trabalho ao introduzir ao público esse cenário inóspito e deserto, no qual todos os medos se tornam realidade.

O Páramo está disponível no catálogo brasileiro da Netflix.

Publicidade