Mais do que você gosta.

Publicidade

Sem spoilers

Como King’s Man: A Origem prepara Kingsman 3

Filme traz easter eggs e referências sobre o futuro da franquia

Publicado por Alexandre Guglielmelli

09/01/2022 20:00

Mesmo sendo um prólogo, King’s Man: A Origem faz um ótimo trabalho ao abrir o caminho para a produção de Kingsman 3. Já em cartaz nos cinemas do mundo todo, o filme está fazendo grande sucesso com o público internacional, mesmo tendo dividido a opinião da crítica especializada.

“Um homem precisa correr contra o tempo para impedir que os piores tiranos e mentes criminosas da história orquestrem uma guerra com o potencial de matar milhões de pessoas e destruir a humanidade”, afirma a sinopse oficial de King’s Man: A Origem.

Continua depois da publicidade

A trama conta com ótimas atuações de Ralph Fiennes, Gemma Arterton, Rhys Ifans, Matthew Goode, Djimon Hounsou, Daniel Brühl, Harris Dickinson, Charles Dance, Aaron Taylor-Johnson e muito mais.

O site The Mary Sue revelou como King’s Man: A Origem prepara o terreno para Kingsman 3; veja abaixo.

A conexão de King’s Man: A Origem e Kingsman 3

King’s Man: A Origem oferece um vislumbre histórico sobre as origens da organização Kingsman na 1ª Guerra Mundial – muito antes da chegada de Eggsy Unwin, o personagem de Taron Egerton.

Embora o filme não tenha introduzido a história de Kingsman 3, diversos easter eggs e referências podem se conectar ao futuro da franquia.

King’s Man: A Origem faz um ótimo trabalho ao concretizar a mitologia da franquia e mostrar para onde Eggsy e Harry podem ir, principalmente após a construção de um relacionamento entre a Kingsman e a Statesman – algo que começou no primeiro filme.

Em uma entrevista ao site Empire, o diretor Matthew Vaughn revelou que as “sementes” plantadas no filme darão frutos em um futuro próximo.

“Nós incluímos no filme das sementes do que vai acontecer em Kingsman 3. E será tudo muito diferente”, explicou o cineasta.

Vaughn revelou que deixou a franquia preparada para a chegada de um novo diretor, já que não sabe se vai continuar no projeto.

“Realmente, ainda não sei o que vou fazer. Existe uma possibilidade muito interessante para um novo diretor mudar tudo. Mas ainda estou analisando”, comentou o diretor.

O maior easter egg de King’s Man: A Origem é a presença do uísque da Statesman, o que indica que o terceiro filme da franquia pode estar conectado com o final de O Círculo Dourado.

Em uma das cenas de King’s Man: A Origem, o personagem de Ralph Fiennes aparece sentado com o uísque nas mãos, em uma referência ao fato da Kingsman e Statesman trabalharem juntas – mesmo que Eggsy e Merlin não conheçam essa conexão.

A referência pode ser uma alusão ao futuro de Kingsman, e a fundação do relacionamento entre as duas organizações de agentes secretos.

Em O Círculo Dourado, o filme deixa claro que a Statesman utiliza o negócio do uísque como uma fachada. Ou seja: a inclusão da bebida em A Origem pode indicar que o nascimento da outra organização pode ser abordado em um filme solo.

O mundo de Kingsman está crescendo, e essa pequena referência de A Origem pode representar algo bem mais importante que a conexão com o Círculo Dourado: o futuro da franquia em geral.

King’s Man: A Origem está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Para quem quiser se atualizar sobre a franquia, os dois primeiros filmes de Kingsman podem ser conferidos no Star+. O prelúdio, possivelmente, será lançado na mesma plataforma após a exibição no cinema. Clique aqui para assinar a plataforma. 

Publicidade