Mais do que você gosta.

Publicidade

Discussão

Eternos prova que Vingadores: Ultimato é uma anomalia no MCU

Filme da Marvel está no Disney+ com argumentos importantes sobre universo dos heróis

Publicado por Bruno Tomé

12/01/2022 08:00

Eternos é um dos primeiros filmes da Fase 4 da Marvel, mas diz muito sobre os longas anteriores do MCU. Nesse sentido, o longa que está no Disney+ mostra que Vingadores: Ultimato é uma anomalia.

No grande filme da Marvel, os Vingadores voltaram no tempo para desfazer o extermínio em massa de Thanos. A história épica trouxe uma união de praticamente todos personagens do MCU, com o grupo vencendo o Titã Louco.

Continua depois da publicidade

Eternos também é uma grande produção com um número considerável de personagens. De forma mais intimista, o filme da Marvel conta as histórias secretas desses heróis e o que eles fizeram pela humanidade.

Ao mesmo tempo, toca nos Celestiais, os poderosos seres cósmicos indicados desde Guardiões da Galáxia.

Mas, ao contrário de Vingadores: Ultimato, Eternos dividiu o público e a crítica. O que se percebeu também é que o filme da Marvel tentou fazer em um filme o que Ultimato fez após toda uma história no MCU.

Eternos mostra que Vingadores: Ultimato é uma anomalia no MCU, que pode nunca mais acontecer.

Vingadores: Ultimato fez algo muito difícil no MCU e no cinema

Como citado, Vingadores: Ultimato teve uma conclusão épica com todos os heróis sobreviventes do MCU batalhando juntos contra Thanos. Nada pareceu forçado e o público, assim como a crítica, adorou o que foi feito.

Em filmes de elencos enormes é comum que a história pareça bagunçada ou até que perca o foco. Eternos, conforme algumas críticas, peca nesse ponto.

Sem a mesma conexão ou profundidade de história, Eternos tenta ter uma batalha épica como Vingadores: Ultimato. A ideia, porém, não funciona.

Vingadores: Ultimato, enquanto isso, mostrou que é possível ter uma história bem construída, mesmo com tantos heróis. A diferença é que o grande filme da Marvel fechou uma história de 11 anos de todo um universo.

Com isso, foi bem mais fácil escolher os arcos dos personagens durante o filme. Já Eternos teve o tempo de filme para definir o destino de heróis que estavam escondidos por séculos.

Por outro lado, Eternos também traz uma característica da Fase 4. A história é feita pensando no universo como um todo, enquanto o MCU começou com filmes solos em que o foco eram os personagens – e não o projeto do MCU – com histórias mais voltadas para natureza humana.

Assim como Loki e What If?, Eternos leva os fãs para um vasto novo universo, de elementos cósmicos. É uma mudança clara no MCU e na sua ideia.

Com exceção de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, que contou com uma saga própria – graças aos filmes da Sony, a Marvel não deve mais conseguir repetir Vingadores: Ultimato.

Vingadores: Ultimato e Eternos estão no Disney+.

Clique aqui para assinar o Disney+ e assistir aos filmes da Marvel.

Publicidade