Mais do que você gosta.

Publicidade

Abriu o jogo

Michael Keaton explica por que recusou volta como Batman nos anos 90

Ator teria um grande aumento salarial se tivesse aceitado

Publicado por Victor Carvalho

04/01/2022 22:20

Michael Keaton deu uma nova entrevista ao podcast In the Envelope, na qual explicou por que recusou a proposta para retornar como Bruce Wayne em Batman Eternamente, dos anos 90. Ele acabou sendo substituído por Val Kilmer.

Embora Batman Eternamente tecnicamente tenha sido uma sequência para os longas de Tim Burton com Michael Keaton, apresentou um estilo mais leve e extravagante, que se tornou ainda mais ridicularizado em Batman e Robin, com George Clooney.

Continua depois da publicidade

Michael Keaton acreditava que a franquia não devia seguir essa direção e não quis se envolver nisso, recusando um grande aumento salarial pela Warner Bros.

Michael Keaton não concordava com a visão de Joel Schumacher

“Quando eu me encontrei com o diretor que assumiu, eu disse: ‘Desse jeito eu não consigo.'”

“Ele era um homem bom, faleceu recentemente e eu não falaria mal dele mesmo se ele estivesse vivo. Mas depois de algumas reuniões, eu tentei convencê-lo de que não deveríamos ir naquela direção, que devíamos buscar outra direção.”

“Mas ele simplesmente não aceitava.”

“Ele me disse: ‘Não entendo por que tudo precisa ser tão sombrio e triste.’ Eu respondi: ‘Você sabe como esse cara se tornou o Batman? Você já leu alguma coisa dele?’ É muito simples.”

Apesar de muito criticado, Batman Eternamente, de Joel Schumacher, até teve uma boa arrecadação em bilheteria, mas o mesmo não pode ser dito sobre Batman e Robin. A sequência foi um grande fracasso em todos os sentidos e é lembrada como uma das piores produções de super-heróis de todos os tempos.

Quanto ao ator Michael Keaton, ele retorna ao papel de Batman em The Flash. Ele também deve permanecer no DCEU para uma participação em Batgirl.

The Flash, com Michael Keaton como Batman, chega aos cinemas em 4 de novembro de 2022.

Publicidade