Mais do que você gosta.

Publicidade

Explicando

Pânico 5: Entenda como final conecta os filmes da franquia

Em cartaz no cinema, novo longa traz personagens importantes da história que envolve Ghostface

Publicado por Bruno Tomé

15/01/2022 22:00

Alerta de spoilers

O novo Pânico (Pânico 5) conseguiu conectar os filmes da franquia, principalmente com o final. A trama já dava esse indicativo quando 25 anos depois dos eventos do longa de estreia, a cidade de Woodsboro se tornou local de um novo massacre causado pelo Ghostface.

Esse caso brutal fez com que Sidney Prescott (Neve Campbell), Dewey Riley (David Arquette) e Gale Weathers (Courteney Cox) se reunissem. O centro da história, enquanto isso, foi Sam Carpenter (Melissa Barrera).

Continua depois da publicidade

O massacre começa quando Tara (Jenna Ortega), irmã de Sam, é atacada em casa. O namorado dela Richie (Jack Quaid) e os amigos acreditam que se tornaram os novos alvos, o que faz com que o trio original retorne para ajudar.

O fim, então, mostra que uma suspeita dos personagens estava correta. O novo massacre tem ligação com o original, feito pelos dois primeiros Ghostface, Billy Loomis (Skeet Ulrich) e Stu Macher (Matthew Lillard).

A conexão do final de Pânico 5 com os outros filmes da franquia

Como se sabe, a franquia de Pânico conta com uma série de filmes dentro do universo, o Stab, que serve de inspiração para as pessoas que tentam imitar Ghostface. No quinto longa, Amber e Richie são revelados como assassinos, com a motivação passando de novo pela franquia Stab e a história de Sidney.

Depois que a família dela se mudou para velha casa de Macher, Amber ficou obcecada com a história de Sidney e os filmes de Stab. Em um fórum online, ela conheceu Richie, outro fã dos longas de terror que queria revitalizar a franquia.

Infelizes com o que aconteceu com o gênero de terror e com as continuações de Stab, Richie e Amber armaram um plano para inspirar um novo longa. A ideia seria reunir os sobreviventes originais e matar todos na cidade em que tudo começou.

Além dessa primeira conexão, mais uma reviravolta ajuda a unir todos os filmes de Pânico. Sam, o alvo principal da trama, é a filha secreta de Billy Loomis, o psicopata que começou essa antiga história sangrenta.

O plano final era colocar Sam como a responsável pelas mortes. Os personagens do novo Pânico pensavam que isso ajudaria a dar um grande novo filme para Stab e uma forma da franquia continuar.

O mais interessante é que os vilões de Pânico 5 podem ter conseguido isso. Sam mata Richie para sobreviver, mas ao pegar a faca, ela parece um Ghostface, bem como o pai dela.

Se a franquia continuar, Sam pode pintar como uma assassina implacável.

Pânico 5 está em cartaz nos cinemas.

Publicidade