Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém spoilers

Um Lugar Silencioso: Entenda o filme de terror que faz sucesso na Netflix

Tudo sobre o final explicado do longa com John Krasinski e Emily Blunt

Publicado por Alexandre Guglielmelli

04/01/2022 18:00

Lançado originalmente em 2018, Um Lugar Silencioso já pode ser chamado de um dos filmes de terror mais aclamados dos últimos tempos. O longa finalmente chegou ao catálogo brasileiro da Netflix, como era de se esperar, não demorou a figurar no Top 10 da plataforma. Ficou confuso com o final da história? Explicamos abaixo tudo que você precisa saber; confira.

“Isolada do mundo, uma família precisa viver em completo silêncio, já que qualquer barulho pode atrair criaturas alienígenas assustadoras”, afirma a sinopse do longa na Netflix.

Continua depois da publicidade

Um Lugar Silencioso representou uma grande virada na carreira de John Krasinski. Até então, o diretor era mais conhecido por sua performance como Jim na sitcom The Office.

Além de dirigir o longa, Krasinski interpreta o protagonista Lee e contracena com Emily Blunt – a sua esposa na vida real. Um Lugar Silencioso já ganhou uma continuação, que chegou aos cinemas em 2021.

O final explicado de Um Lugar Silencioso

Nos minutos finais de Um Lugar Silencioso, todos os membros da família Abbott vivem encontros perigosos com os monstros.

Um dos aliens se aproxima novamente de Evelyn e do bebê, mas ela consegue escapar, e o monstro volta suas atenções para Regan e Marcus.

Em um dos momentos mais emocionantes do filme, Lee se sacrifica para salvar os filhos. Ele declara mais uma vez seu amor por Regan e Marcus antes de morrer – o que Evelyn também vê pelas câmeras de segurança.

Evelyn, Regan, Marcus e o bebê se escondem na sala de controle. Enquanto tentam lidar com a morte de Lee, o recém-nascido começa a chorar, o que alerta imediatamente o monstro para o paradeiro da família.

O aparelho auditivo de Regan também começa a dar defeito, e a intrépida garota percebe que o monstro é afetado pelo som.

Ao analisar a sala de controle do pai pela primeira vez, a personagem começa a juntar as pistas, e descobre que a alta frequência sonora de seu aparelho auditivo defeituoso é a chave para a destruição dos monstros.

Nesse momento, Regan tira o aparelho e amplifica a frequência com o microfone. O som afeta profundamente as defesas do monstro, que fica completamente vulnerável ao ataque. Finalmente, Evelyn atira na criatura em uma de suas partes expostas, matando-o imediatamente.

Um Lugar Silencioso termina com a família recebendo informações sobre a chegada de mais monstros, e Evelyn sorrindo com a descoberta da arma secreta.

A mensagem de Um Lugar Silencioso

A conclusão de Um Lugar Silencioso remonta a um dos principais temas do longa: algo visto como uma fraqueza, na verdade, pode ser a arma perfeita.

Os Abbotts nunca teriam descoberto que sons de alta frequência são os pontos fracos dos monstros se Regan não precisasse de seu aparelho auditivo.

Durante toda a trama de Um Lugar Silencioso, a família de Regan vê a deficiência auditiva da personagem como um perigo, algo que tornaria o mundo bem mais perigoso para a garota. Mas no final das contas, foi exatamente essa deficiência que salvou o dia.

Em uma entrevista ao site Inverse, John Krasinski falou sobre as origens dos monstros e a criação de suas fraquezas.

“A ideia é que esses monstros são alienígenas que evoluíram como uma máquina perfeita. Como eles vieram de um planeta sem humanos e sem luz, não precisam de olhos. Ao invés disso, caçam somente com a presença do som. Eles também desenvolvem maneiras para se proteger, é por isso que eles não são afetados por balas”, explicou o diretor.

Um Lugar Silencioso está disponível na Netflix.

Publicidade