Mais do que você gosta.

Publicidade

Protagonismo

7 filmes da Netflix sobre mulheres empoderadas

As melhores histórias para comemorar o Dia Internacional da Mulher

Publicado por Alexandre Guglielmelli

07/03/2022 20:15

Em pleno Dia Internacional da Mulher, nada melhor que assistir na Netflix filmes sobre mulheres empoderadas, batalhadores e poderosas – que lutam pelo controle de seus próprios destinos e protagonizam feitos impressionantes em uma sociedade patriarcal.

Celebrado em 8 de março, o Dia Internacional da Mulher foi instituído em 1975 pela Organização das Nações Unidas. Atualmente, a data é celebrada em mais de 100 países.

Continua depois da publicidade

A data especial foi criada originalmente em meio às lutas feministas por melhores condições de vida e trabalho, igualdade de gênero e muito mais.

Hoje em dia, o Dia Internacional da Mulher serve para celebrar as contribuições das mulheres para a sociedade e para lembrar suas conquistas sociais, políticas e econômicas. Nesta data tão importante, veja abaixo os 7 melhores filmes da Netflix sobre mulheres empoderadas.

Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta

Dirigido por Amy Poehler, Moxie chegou ao catálogo da Netflix em 2018, e fez muito sucesso com o público internacional. O longa acompanha a história da tímida Vivian Carter, uma adolescente que se cansa do machismo de sua escola e encontra no passado rebelde da mãe uma inspiração para mudar essa situação. De forma anônima, com a contribuição de suas melhores amigas, a protagonista publica um ‘zine’ com críticas ao sexismo do colégio, o que acaba provocando uma verdadeira revolução na escola.

Mary Shelley

Mary Shelley, como o próprio nome já indica, conta a história de uma das escritoras mais importantes da literatura mundial. Nascida em 1797, a autora revolucionou o terror ao escrever o livro Frankenstein, considerado um dos mais icônicos de todos os tempos. Lançado em 2017, o longa foca principalmente no relacionamento de Mary Shelley com seu primeiro amor, o poeta Percy Bysshe Shelley, e sua inspiração para a criação da mais famosa história. O longa é protagonizado por Elle Fanning, e conta também com Maisie Williams e Douglas Booth no elenco.

Becoming: A Minha História

Se você gosta de filmes sobre mulheres empoderadas da vida real, Becoming: A Minha História é uma ótima opção. O documentário é ambientado nos bastidores da turnê de lançamento do best-seller homônimo de Michelle Obama, uma autobiografia sobre suas experiências na Casa Branca e sua luta para se tornar a primeira mulher negra a ocupar o posto de Primeira Dama dos Estados Unidos. O longa faz um ótimo trabalho ao abordar a trajetória de Michelle Obama e mostrar a importância da representatividade para mulheres negras do mundo todo.

Enola Holmes

Embora não seja baseado em uma história real, Enola Holmes é um ótimo filme para assistir no Dia Internacional da Mulher, principalmente em família. Protagonizado por Millie Bobby Brown, a Eleven de Stranger Things, o longa acompanha a história da irmã mais nova de Sherlock Holmes, que se envolve em um grande mistério na Inglaterra Vitoriana. Além de contar com uma história divertida e repleta de reviravoltas, o longa consegue apresentar conceitos feministas de maneira leve e sensível à audiência mais jovem. O longa conta também com Helena Bonham Carter, Sam Claflin e Henry Cavill no elenco.

Radioactive

Radioactive é sobre Marie Curie, uma das cientistas mais importantes da história mundial. Com Rosamund Pike no papel principal, o longa mostra a trajetória de Marie Curie, que movida por uma mente brilhante e uma grande paixão, embarca em uma incrível jornada científica junto do marido, Pierre. Na vida real, Marie foi uma pioneira nos estudos da radioatividade, e a primeira (e única) mulher a ganhar o Prêmio Nobel em duas ocasiões diferentes. Além de Rosamund Pike, o longa tem Sam Riley e Anya Taylor-Joy.

Mães Paralelas

Escrito e dirigido por Pedro Almodóvar, Mães Paralelas se tornou um enorme sucesso com a crítica especializada, figurando nas premiações mais importantes da indústria do entretenimento. O longa espanhol aborda conceitos extremamente importantes para as mulheres, como a maternidade, a vida e a morte. Mães Paralelas aborda a história de duas mães solo que se conhecem no hospital, dão à luz no mesmo dia e criam um vínculo impressionante, que transforma para sempre suas vidas. O filme rendeu a Penélope Cruz sua 2ª indicação ao Oscar de Melhor Atriz, após Volver (2006).

Feministas: O Que Elas Estavam Pensando?

Para terminar a lista, nada melhor que um documentário que fala intimamente sobre o movimento feminista. Também encontrado com o título original “Feminists: What Were They Thinking?”, o filme traz entrevistas com pensadoras, filósofas, jornalistas, atrizes e muitas outras mulheres empoderadas que abordam o feminismo sob as mais diversas perspectivas. O longa conta, por exemplo, com a participação de Jane Fonda, Judy Chicago, Lily Tomlin e Margaret Prescod.

Publicidade