Mais do que você gosta.

Publicidade

Emocionante

Alma de Cowboy: A verdade por trás do filme da Netflix

A verdadeira história que inspirou o novo sucesso da Netflix

Publicado por Marcel Botelho

08/04/2021 08:30

Desde que estreou na Netflix, Alma de Cowboy, tem feito sucesso na mesma proporção que tem levantado discussões, o filme é baseado em fatos reais, e foi inspirado no livro Ghetto Cowboy de Greg Neri, que mostrou ao público, a cultura da Filadélfia de cavalgadas urbanas.

O filme conta a história de Cole (Caleb McLaughlin), um jovem rebelde que depois de se envolver em brigas na escola, é levado para morar com seu pai, Harp (Idris Elba), onde ele apresenta ao filho a cultura dos cowboys.

Continua depois da publicidade

Muito tem se falado sobre o filme, pela importância que o verdadeiro Fletcher Street Urban Riding Club, tem para a comunidade negra da Filadélfia historicamente, por se tratar de um clube de equitação sem fins lucrativos.

O diretor e co-roteirista do filme, Ricky Staub, que é da Filadélfia, fez questão que tudo fosse bem retratado no filme, e tanto ele quanto Elba se envolveram com a comunidade.

Staub, Elba e a Comunidade

Ricky Staub se inspirou para escrever o roteiro, quando ele presenciou um homem em um tribunal, prometendo que iria se reabilitar comprando um cavalo, intrigado com aquela situação, o diretor seguiu o homem, e acabou se deparando com o bairro onde fica o clube de equitação.

Já Idris Elba, havia tido contato com os cowboys urbanos da Filadélfia, há alguns anos, quando ele estava procurando por músicos na cidade.

Quando o ator viu pela primeira vez um cowboy negro em uma área urbana, ele teve uma sensação que não conseguiu explicar, e quando recebeu o roteiro da produtora e viu que Staub o havia escrito com tanto amor, ele logo aceitou o papel.

Elba falou sobre o filme ao jornal The Philadelphia Inquirer: “Alma de Cowboy era realmente mais um documentário do que um filme”.

“A comunidade estava super animada com a nossa presença, mas eles não iriam permitir que nós tornássemos a produção hollywoodiana, eles garantiram que estivéssemos lá para retratá-los com veracidade”.

Staub fez questão de chamar cowboys de verdade para o filme.

Uma história de pai e filho

Apesar dos personagens protagonistas, Cole e Harp, serem ficcionais, é na história deles, que mora a realidade do filme.

A inspiração que Staub teve para criar os personagens, veio de sua vivência com a comunidade, Harp é duro com seu filho, justamente porque se enxerga nele quando era mais jovem, e percebe que o filho não alcançará seu potencial na vida, se não mudar seu comportamento.

Da mesma forma que o Fletcher Street Urban Riding Club, visa ajudar aos mais necessitados, dando a eles uma ocupação e até uma nova chance na vida, no final das contas é uma história de amor ao próximo, oportunidade e recomeço.

Alma de Cowboy está disponível na Netflix.

Publicidade