Mais do que você gosta.

Publicidade

Eita

Após criticar Adão Negro, diretor da Marvel ataca filme da Mulher-Maravilha

Mohamed Diab trabalha em Cavaleiro da Lua

Publicado por Victor Carvalho

22/03/2022 16:25

Depois de criticar Adão Negro, Mohamed Diab, o diretor de Cavaleiro da Lua, atacou outra produção da DC: Mulher-Maravilha 1984. 

O cineasta acredita que o longa-metragem apresenta uma terrível representação do Egito. A crítica aconteceu em uma entrevista para a SFX Magazine.

“O Egito é representado de maneira inautêntica em Hollywood. É sempre exótico, o que chamamos de orientalismo. Isso nos desumaniza.”

“Estamos sempre nus, somos sempre sexy, somos sempre maus, somos sempre exagerados. Você nunca vê o Cairo.”

“Eles sempre gravam na Jordânia como se fosse o Cairo, em Marrocos ou até mesmo na Espanha. Isso realmente nos incomoda.”

Crítica contra Mulher-Maravilha 1984

“Me lembro de assistir Mulher-Maravilha 1984 e existe uma cena no Egito. Foi uma grande vergonha para nós. Aparecia um sheik, o que não faz nenhum sentido.”

“O Egito parecia um país da Idade Média. Parecia o deserto.”

A série do Cavaleiro da Lua, da Marvel, chega ao Disney+ em 30 de março de 2022.

Filmes e séries da Marvel podem ser assistidos pelo Disney+. Clique aqui para assinar o serviço de streaming.

Publicidade