Mais do que você gosta.

Publicidade

Mais restrições

Após Netflix, Disney corta relações com a Rússia

Casa do Mickey já havia anunciado que não lançaria filmes no país após invasão da Ucrânia

Publicado por Guilherme Coral

11/03/2022 09:46

Depois da Netflix anunciar a paralisação das produções originais na Rússia, a Disney optou por seguir pelo mesmo caminho, como forma de posicionar-se contra a invasão da Ucrânia.

A Casa do Mickey já havia anunciado previamente que não lançaria seus filmes na Rússia temporariamente e agora torna ainda mais rígida a postura contra o país.

Continua depois da publicidade

“Dado o ataque implacável à Ucrânia e a escalada da crise humanitária, estamos tomando medidas para pausar todos os outros negócios na Rússia”, declarou a Disney (via The Wrap).

“Algumas dessas atividades comerciais podemos e faremos uma pausa imediatamente. Outros – como canais lineares e algum conteúdo e licenciamento de produtos – levarão tempo devido às complexidades contratuais”, disse um porta-voz da Disney em comunicado.

Mais medidas contra a Rússia

A Rússia também foi barrada de grandes festivais e premiações. Cannes, por exemplo, não receberá delegações russas ou participantes ligados ao governo.

Na segunda-feira, a exposição de artes Beinnale em Veneza descartou seu pavilhão russo, enquanto o Festival de Cinema de Veneza continua ponderando sua resposta aos pedidos de boicote aos filmes russos no evento.

O Festival de Cinema de Glasgow, na Escócia, adotou uma postura semelhante e decidiu retirar seus dois títulos russos este ano: No Looking Back, de Kirill Sokolov, e The Execution, de Lado Kvataniya.

O Festival de Cinema de Locarno da Suíça, por outro lado, anunciou que exibiria filmes russos em sua próxima edição em agosto

Publicidade