Mais do que você gosta.

Publicidade

Controvérsia

Cancelado, Johnny Depp consegue papel em filme polêmico

Ator foi acusado de agressão por Amber Heard

Publicado por Guilherme Coral

21/01/2022 15:35

Johnny Depp vai interpretar o rei francês Luís XV no próximo filme da diretora Maiwenn, de Meu Rei e DNA. As filmagens começam ainda em 2022.

O filme, cujo título e detalhes da trama não foram revelados ainda, é uma produção de Pascal Caucheteux e Gregoire Sorlat, informa a Variety.

Continua depois da publicidade

As filmagens vão durar três meses em locações famosas em Paris, principalmente no Palácio de Versailles.

Maiwenn será Jeanne du Barry no filme, a condessa que se tornou a última amante de Luís XV, que reinou por 59 anos e foi acusado de corrupção e devassidão.

Johnny Depp se tornou uma figura polêmica após ser acusado de agressão por parte de Amber Heard, com quem foi casado.

Ainda não há data de estreia para o filme sobre Luís XV com Johnny Depp.

Documentário aborda a briga de Amber Heard e Johnny Depp

O Discovery+ lança o documentário Johnny vs Amber, que conta a história do polêmico ex-casal de Hollywood, Johnny Depp e Amber Heard. Em prévias, um amigo do ator de Piratas do Caribe afirmou que a atriz de Aquaman deixou o ex insano.

Em uma cena divulgada na imprensa dos EUA, ainda não disponível no Brasil, um ex-colega de banda de Johnny Depp relembrou o casamento do ator com Vanessa Paradis. Bill ‘Beano’ Hanti disse que nunca chegou a conhecer Amber Heard, mas tirou a própria conclusão ao notar o estado do amigo.

“Ele tinha algo especial com Vanessa (mãe dos dois filhos de Johnny Depp). Ele estragou tudo. Amber Heard apenas viu ele chegando. Ela viu a oportunidade de ser parte de um filme e trabalhou nisso. Nunca conheci essa mulher. Ela entrou na cabeça de Johnny e fez ele ficar maluco, ao ponto de se drogar e beber até ficar insano”, declarou Hanti.

O músico esteve na banda The Kids, nos anos 1980, com Johnny Depp. Por enquanto, os atores não responderam sobre o documentário do Discovery+.

No documentário, serão mostradas entrevistas com advogados que representam os dois lados do caso de divórcio dos famosos e pessoas próximas à situação. Também serão reveladas imagens de arquivo e clipes de áudio aos quais o público nunca teve acesso antes.

A ideia é que sejam mostradas as perspectivas de ambos os lados. Caberá ao público decidir em quem acreditar.

Grandes polêmicas giram em torno de Johnny Depp e Amber Heard desde que o casal se separou há alguns anos, com a atriz acusando o ator de ser violento no casamento. O astro, no entanto, alega que a estrela era a verdadeira pessoa abusiva da relação.

Esse documentário do Discovery+ terá duas partes. Por enquanto, Johnny vs Amber não tem previsão de estreia.

Publicidade