Mais do que você gosta.

Publicidade

Guerra no streaming

Concorrentes pegam estrelas da Netflix para novos filmes

Amazon Prime Video e HBO Max terão projetos com nomes conhecidos da gigante do streaming

Publicado por Victor Carvalho

20/04/2021 16:30

Duas concorrentes da Netflix terão novos projetos com conhecidas estrelas do serviço de streaming.

De acordo com o Deadline, o Amazon Prime Video está trabalhando em Emergency, uma mistura de suspense e comédia. O elenco terá nomes como Sabrina Carpenter e RJ Cyler, que atuaram em filmes da Netflix como Dançarina Imperfeita e Sierra Burgess é uma Loser, respectivamente.

Continua depois da publicidade

A trama gira em torno de estudantes universitários que vivem uma noite de festa, enquanto questionam se devem ligar para a polícia quando surge uma incomum emergência.

Enquanto isso, a HBO Max desenvolve Field Notes On Love, uma adaptação do livro de mesmo nome de Jennifer E. Smith. Dove Cameron e Jordan Fisher serão os protagonistas.

A primeira é mais conhecida por seu trabalho em Descendentes, do Disney Channel, mas também já estrelou Dumplin’, da Netflix, enquanto o segundo atuou em Para Todos os Garotos: P.S. Ainda Amo Você e Dançarina Imperfeita, também da gigante do streaming.

O romance acompanha dois jovens que se sentem rejeitados e desiludidos com a vida. Eles se tornam parceiros de aventura e precisam lidar com os sentimentos que surgem de sua viagem juntos.

Serviço da Amazon se aproxima da Netflix em número de assinantes

A Netflix permanece como a maior gigante do streaming, mas a concorrência não está muito atrás. A Amazon Prime Video acumula um número impressionante de assinantes e já está bem próxima da plataforma concorrente.

Em carta anual do CEO da Amazon, Jeff Bezos, foi anunciado que o serviço Amazon Prime alcançou 200 milhões de assinantes. Isso inclui a Amazon Prime Video.

Em comparação, a Netflix alcançou 204 milhões ao fim de 2020, enquanto a Disney+ superou 100 milhões.

A Amazon Prime Video testemunhou grande aumento no número de assinantes graças a séries como The Boys, cuja audiência quase dobrou com a segunda temporada. O sucesso da série ocasionou na confirmação de uma derivada e na renovação para a terceira temporada.

Em 2020, a Amazon gastou aproximadamente US$ 11 bilhões em conteúdo, informa Narayan Liu, do CBR. Em 2019, a companhia havia gastado US$ 7,8 bilhões. Vale notar que isso inclui royalties da Amazon Music.

O serviço Amazon Prime inclui a entrega mais rápida, o Amazon Music e a Amazon Prime Video. Portanto, muitas pessoas podem assinar por outros serviços e não a plataforma de streaming de vídeo.

Publicidade