Mais do que você gosta.

Publicidade

Caso sério

Filme da Netflix sobre abuso remove roteirista após registro de crime sexual

Estúdios por trás de As Fotos Vazadas tomaram providências

Publicado por Guilherme Coral

19/01/2022 12:46

Os produtores de As Fotos Vazadas, da Netflix, decidiram remover dos créditos o nome de um dos roteiristas do filme após denúncias de crime sexual.

A Rekata Studios e a Kaning Pictures, por trás do aclamado filme, revelaram terem removido o nome do roteirista Henricus Pria após envolvimento em caso de abuso sexual.

Continua depois da publicidade

“Decidimos retirar o nome do roteirista dos créditos de As Fotos Vazadas e em todos os materiais promocionais. Essa pessoa não faz mais parte de As Fotos Vazadas e do Rekata Studio”, disseram os estúdios em um comunicado conjunto.

Foi acrescentado que os produtores do filme estão “comprometidos [em criar um] espaço seguro livre de abuso sexual”.

O filme estreou no Festival Internacional de Busan em outubro de 2021 e ganhou 12 prêmios Citra, na Indonésia.

Mais sobre As Fotos Vazadas

“Após perder sua bolsa de estudos quando aparecem fotos dela em uma festa on-line, uma estudante é emparelhada com um funcionário de fotocópia para reconstruir o que aconteceu”, diz a sinopse de As Fotos Vazadas.

O filme marca a estreia na direção de longa-metragem de Wregas Bhanuteja, que também assinou o roteiro junto de Pria.

O elenco conta com Shenina Cinnamon, Dea Panendra, Giulio Parengkuan, Jerome Kurnia, Ruth Marini, Yayan Ruhian e Donny Damara.

As Fotos Vazadas já está disponível na Netflix.

Publicidade